Esportes

Rony fala sobre adaptação no Palmeiras e sonha com Seleção Brasileira

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Rony fala sobre adaptação no Palmeiras e sonha com Seleção Brasileira

26 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 26 de maio de 2020 - 00:00

Um dos nomes mais comentados do último mercado da bola, Rony falou sobre a sua chegada no Palmeiras e o processo de adaptação. O atacante concedeu entrevista à TV Bandeirantes e contou as experiências de seus primeiros meses no Verdão, além de responder sobre o sonho de defender a Seleção Brasileira.

Contratado no início de 2020, Rony aponta que contou com a ajuda de Raphael Veiga para se enturmar com os novos companheiros, além de conhecer as instalações do clube.

“Quando eu cheguei no Palmeiras os jogadores me trataram supre bem. Eu já tinha atuado com um jogador que foi o Raphael Veiga. Ele me apresentou a estrutura do clube, ficou do meu lado e me ajudou a conhecer o restante da equipe. O Veiga me ajudou muito nesse quesito”, contou o atacante.

Rony explica que atacantes do Palmeiras não ficam presos na posição (Foto: Divulgação/Cesar Greco)

Após pouco tempo de trabalho, Rony já passou a integrar a equipe titular do Palmeiras. A chegada do reforço, inclusive, fez com que Luxemburgo alterasse o posicionamento de alguns atletas na linha de frente. Dudu, por exemplo, começou a atuar mais centralizado, participando da construção das jogadas.

Rony afirma que ficou surpreso com a titularidade e também aponta que o posicionamento dos atacantes varia ao longo das partidas: “Quando eu cheguei no Palmeiras falei que iria trabalhar para conquistar o meu espaço. Não tinha a expectativa de já entrar como titular”.

“Ali na frente a gente não tem posição fixa. Cada um procura se movimentar da melhor maneira possível. O professor pede para a gente se movimentar bastante e não ficar parado do mesmo lado, porque assim é mais fácil dos adversários marcarem a gente”, explicou o jogador.

Por fim, o atacante do Alviverde falou sobre a expectativa de defender a Seleção Brasileira em algum momento: “A gente sabe que todos jogadores querem uma oportunidade pra estar na seleção, eu não sou diferente. Vou procurar dar meu melhor sempre e, quando a oportunidade um dia pintar, vou estar pronto, preparado e mentalmente forte para defender a camisa do Brasil”.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.