Esportes

Rollo diz que alegria voltou na base do Santos: “Estava contaminada”

Gazeta
Gazeta Esportiva

30 de outubro de 2020 - 20:14 - Atualizado em 30 de outubro de 2020 - 20:45

O presidente Orlando Rollo disse, nesta sexta-feira, que a “alegria voltou” na base do Santos. A gestão interina fez diversas mudanças no comando dos Meninos da Vila.

O Peixe escolheu novos treinadores: Edinho (sub-23, com Rodrigo Chip Casarin como auxiliar), Aarão Alves e André Alves (sub-20), Elder Campos (sub-17) e Flavio Antunes (sub-15). Pablo Fernandez foi desligado.

A base ainda terá novo dirigente: Edson Pimenta. Outros ex-atletas santistas foram chamados, como Marcelo Passos e Nenê Belarmino, e aguardam pela oficialização do novo organograma.

“Não me sentia à vontade com alguns profissionais da base em cabide de emprego. O ex-gerente da base do presidente afastado é dono da padaria que ele frequentava. Tomava café da manhã todos os dias. Sem preparo nenhum. O gerente da base é o Coronel (Edson) Pimenta, profissional renomado, com curso na CBF Academy. Cursei lá, o conheci lá. Na Portuguesa revelou Denner, Dentinho, Zé Roberto. É profissional de mercado. Qual a determinação para o Coronel Pimenta? Acabou jogador de empresário. Vamos fazer teste, peneira, viajar o Brasil. Base tem que revelar! A base contratava, pagava R$ 100, R$ 200, R$ 300 mil para empresário. Base tem que revelar. Tudo uma bagunça, três casos de pedofilia em dois anos e sete meses. Não dá. Cortamos pela raiz”, disse Rollo, em entrevista coletiva.

“Todos chegam sem multa contratual. Trabalho de transição e todos sabem. Próximo presidente tem total direito de demiti-los. É um trabalho praticamente abnegado. Trouxemos ex-jogadores afastados e que têm capacitação técnica para cuidar dos Meninos da Vila. Não há mais jogador encostado nem indicação de empresário. Qualquer um entrava com empresário pagando. Agora serão revelados em testes e peneiras. Trouxemos para a base quem fez história no Santos, como jogador e como técnico. E que injustamente foram mandados embora por interesses políticos e um cabidal de empregos. A alegria voltou para a base. Nossa base estava contaminada. A alegria voltou, isso vai gerar frutos”, completou o presidente.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.