Esportes

Rollo deixa o Santos sem acordo com o Atlético Nacional: “Não há nada”

Gazeta
Gazeta Esportiva

31 de dezembro de 2020 - 08:00 - Atualizado em 1 de janeiro de 2021 - 00:00

Há 20 dias, o presidente Orlando Rollo anunciou “acordo alinhado” com o Atlético Nacional pela dívida do Santos com Felipe Aguilar, ex-Atlético Nacional (COL) e atualmente no Athletico-PR.

Na última quarta-feira, falou em “negociação encaminhada” para Andrés Rueda, presidente eleito, resolver a partir de janeiro. De acordo com os colombianos, porém, não é bem assim.

A Gazeta Esportiva conversou com Juan David Pérez, presidente do Atlético Nacional.

“Não há nada. Se tivesse alguma coisa, diríamos, faríamos festa. Esse tipo de coisa não se esconde. Mas não há nada”, resumiu.

A dívida é de cerca de R$ 4 milhões por parcelas atrasadas na negociação de Aguilar janeiro de 2019. Esse calote gerou punição na Fifa e impede o Peixe de registrar novos jogadores.

Vale lembrar que Rollo também anunciou acordo com o Huachipato, do Chile, por Yeferson Soteldo. Após a aprovação do Conselho Deliberativo há mais de dois meses, a negociação não foi concluída. Os débitos com Atlético Nacional e Huachipato mantém o Santos sob bloqueio na Fifa.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.