Bastidores

Roger não vê relação entre jogadores experientes e dificuldades contra o Madureira

Gazeta
Gazeta Esportiva
Roger não vê relação entre jogadores experientes e dificuldades contra o Madureira
Treinador tem feito um bom início de trabalho no clube (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

26 de abril de 2021 - 11:56 - Atualizado em 26 de abril de 2021 - 13:54

O técnico Roger Machado surpreendeu na escalação do time na partida deste domingo contra o Madureira. O Fluminense entrou em campo com uma equipe reserva e sem nenhum jogador formado na base. Apesar dos muitos jovens de Xerém no plantel, o treinador optou por uma formação mais experiente.

As dificuldades, entretanto, foram evidentes no primeiro tempo, e o Madureira foi para o intervalo à frente no placar. No segundo tempo, foram mais 14 minutos até o gol de empate, e daí em diante, o Flu deslanchou e construiu o placar de 4 a 1.

Após a partida, Roger desvinculou as dificuldades em campo da média de idade da equipe.

“Não pensei na experiência. Pensei no tipo de esquema. Foi um time mais experiente, mas não tem relação nenhuma com a dificuldade apresentada em função da imposição do jogo do adversário. Pode ter uma coisa de entrosamento. Sobretudo ali na frente, com Abel e Raúl, que ainda não estão tão habituados à nossa mecânica”, avaliou o treinador.

O Tricolor entrou em campo já classificado para as semifinais do Carioca. Roger, portanto, aproveitou a oportunidade para fazer experimentações. Cinco jogadores que chegaram ao clube em 2021 estiveram em campo: Samuel Xavier, Manoel, Wellington, Abel Hernández e Raúl Bobadilla.

“As atuações hoje, as experimentações, os jogadores que entraram e contribuíram, dão a confiança de que, ao contratar esses jogadores, com diversas características, não contratamos quatro ou cinco jogadores. Contratamos mais, porque eles se desdobram e podem jogar em posições diferentes. O nível nos treinos aumentou muito, a competitividade aumentou muito. E são nos treinos que os jogadores se escalam. E assim vamos seguindo porque o ano é duro”, afirmou Roger.

Depois de terminar a fase classificatória do Carioca na vice-liderança, o Flu se prepara para enfrentar o Santa Fé pela segunda rodada da Libertadores. A partida contra a equipe colombiana será em Bogotá, às 21 horas (de Brasília).

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.