Bastidores

Robson, ex-motorista de Fernando, é liberado para voltar ao Brasil após dois anos preso na Rússia

Gazeta
Gazeta Esportiva
Robson, ex-motorista de Fernando, é liberado para voltar ao Brasil após dois anos preso na Rússia

2 de maio de 2021 - 14:17 - Atualizado em 2 de maio de 2021 - 14:30

Após dois anos preso na Rússia por porte de medicamentos ilegais, Robson está perto de voltar ao Brasil. O ex-motorista do meia Fernando foi liberado neste domingo. A informação foi anunciada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, por meio de suas redes sociais.

O presidente apontou que Robson deve chegar ao Brasil na próxima quinta-feira, além de explicar que o medicamento que ele portava, Mytedon (cloridrato de metadona), são permitidos no território nacional, mas não na Rússia.

“Depois de uma longa negociação com o governo russo, foi anunciada a liberdade do Robson, que trabalhava com o jogador Fernando no Spartak de Moscou. O que Robson usava era permitido no Brasil, mas lá na Rússia não. O governo russo seguiu então a legislação local”, explicou.

Caso de Robson gerou comoção entre torcedores brasileiros (Foto: Reprodução)

O brasileiro foi preso em março de 2019, logo em sua chegada na Rússia para trabalhar como funcionário do meia Fernando, que hoje atua no Beijing Guoan, da China. De acordo com Robson, as caixas de medicamento eram para o sogro do jogador, que não confirma a informação.

O caso do motorista gerou grande repercussão no futebol brasileiro. Diversos torcedores levantaram a campanha “Justiça por Robson” nas redes sociais. Alguns jogadores, como Richarlison, do Everton, e Felipe Melo, do Palmeiras, também se manifestaram.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.