Esportes

Roberto Fonseca não revela escalação do Guarani, mas afirma ter ‘time na cabeça’

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

10 de julho de 2019 - 00:00 - Atualizado em 10 de julho de 2019 - 00:00

O técnico Roberto Fonseca escondeu a escalação do Guarani para a partida contra o CRB na próxima sexta-feira, às 19h15, no estádio Rei Pelé. Apesar de o treinador afirmar ter um time na cabeça, as dúvidas permanecerão por mais algum tempo, já que aguarda a publicação do nome de atletas no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, além da resolução do imbróglio envolvendo Bruno Silva e o Vasco.

“Há algumas opções. Na cabeça, tenho um time definido, a partir dos trabalhos realizados. Gosto de deixar em aberto a escalação. Se trabalho apenas um atleta ou formação, fico à mercê do que foi feito. É necessário ter alternativas, desde o goleiro até o camisa 9”.

Sobre a situação de Bruno Silva, o técnico diz não se preocupar e segue com a ideia de tê-lo entre os 11. “Tenho de trabalhar com o que tenho em mãos e oficiais no momento. Por enquanto, ele está à disposição e continua normalmente até que algo seja passado para nós, seja positiva ou negativamente”.

Na prática, as dúvidas são se o lateral-direito Lenon, o atacante Vitor Feijão e o centroavante Michel Douglas terão condições de jogo até sexta-feira. O centroavante titular ao longo da semana precisa aparecer no BID e assim ter condições legais de jogo. Além dele, o zagueiro Luiz Gustavo e o meia Bady, reservas, ainda não sabem se serão regularizados a tempo na CBF.

“Tenho acompanhado e monitorado todas as situações. Treinei outras alternativas e sei quais atletas podem ter situação regularizada no BID até quinta-feira. Trabalhei em cima de diversas possibilidades para o jogo em Maceió”, afirmou Fonseca.