Bastidores

Roberto de Andrade destaca falta da torcida : “O Corinthians é o mais prejudicado”

Gazeta
Gazeta Esportiva

28 de julho de 2021 - 06:00 - Atualizado em 28 de julho de 2021 - 06:30

Os clubes de futebol seguem prejudicados pela pandemia de covid-19 e um dos fatores é a ausência da torcida nos estádios. Apesar de todos serem afetados, Roberto de Andrade destacou que o Corinthians é o mais prejudicado.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, o diretor de futebol alvinegro falou sobre a ausência de público nos campeonatos nacionais. Para ele, a campanha do Timão dentro de campo seria diferente com o seu 12º jogador.

“O maior prejudicado com a falta de torcida é o Corinthians. Pela sua torcida, pela maneira que empurra o time. É diferente de todos os outros. Isso faz muita, muita, muita falta. Se estivéssemos com a nossa torcida, resultados seriam outros. Certeza absoluta”, comentou Roberto de Andrade.

Sem público a mais de um ano, ainda não há previsão para o retorno de torcidas aos estádios.

Na mesma entrevista, o diretor também comentou sobre as ações do Corinthians no mercado. Depois de passar a última janela em branco e economizar na folha, o Timão fechou com Giuliano e Renato Augusto.

“Ainda não temos uma data exata para as estreias de Giuliano e Renato Augusto. Faremos o registro no próximo dia 2 (segunda-feira), quando reabre a janela, e veremos como eles estão fisicamente e como a comissão técnica vai aproveitá-los”, afirmou.

Roberto de Andrade também falou sobre a relação do clube com Roger Guedes, além de defender o trabalho de Sylvinho.

O Corinthians tem o restante da semana livre e se prepara par o próximo compromisso pelo Brasileirão. O Timão entra em campo no domingo, às 16h, contra o Flamengo. A bola rola em São Paulo, na Neo Química Arena.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.