Esportes

Rivaldo aposta em Luiz Adriano decisivo e vitória por 2 a 1 do Palmeiras na final

Gazeta
Gazeta Esportiva

28 de janeiro de 2021 - 08:00 - Atualizado em 28 de janeiro de 2021 - 20:15

O Palmeiras contará com a torcida de Rivaldo para encarar o Santos na final da Copa Libertadores, marcada para as 17 horas (de Brasília) deste sábado. Otimista, o ex-meia acredita em um triunfo do time alviverde no Maracanã, com atuação decisiva de Luiz Adriano.

Autor de 20 gols, o centroavante lidera a lista de artilheiros do Palmeiras na temporada e teve atuações decisivas nas semifinais contra o River Plate, já que balançou as redes fora de casa e ajudou o time a se defender nos minutos finais dentro do Allianz. Na final, Rivaldo espera mais uma grande exibição de Luiz Adriano.

“O grupo está jogando muito bem, mas um atleta que eu gosto e tem personalidade é o Luiz Adriano. Acredito que pode fazer diferença, marcar gol e dar o título. Pelo carinho que tenho pelo Palmeiras, é claro que vou torcer e meu palpite é vitória por 2 a 1”, disse Rivaldo, embaixador da Betfair.net, elogioso ao falar sobre Abel Ferreira.

“Com mudança de técnico, às vezes o jogador se acorda e começa a dar liga. É difícil a gente saber o que aconteceu, porque o Luxemburgo é um grande treinador. Pelo trabalho que vem fazendo, o Abel está de parabéns. Chegar em duas finais e ainda brigando no Brasileiro é, com certeza, um bom trabalho. Então, o time está confiante”, disse.

Ganhador dos Campeonatos Brasileiro 1994 e Paulista 1996 pelo Palmeiras, Rivaldo marcou 68 gols em 129 partidas com a camisa do clube alviverde. Na edição de 1995 da Copa Libertadores, o talentoso meia acabou eliminado pelo Grêmio nas quartas de final.

“Tive a sorte de jogar a Libertadores, mas não cheguei a disputar uma final. Gostaria de ter disputado uma pelo Palmeiras. Também fiz algumas partidas pelo Cruzeiro. Mas é claro que sou feliz por tudo que conquistei no futebol, joguei muitas finais e consegui algo importante na carreira”, definiu Rivaldo, pentacampeão mundial em 2002.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.