Coritiba

Rhodolfo fala sobre treinos na quarentena e projeta boa temporada com o Coritiba

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Rhodolfo fala sobre treinos na quarentena e projeta boa temporada com o Coritiba

27 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 27 de abril de 2020 - 00:00

Contratado pelo Coritiba no início de 2020, o zagueiro Rhodolfo falou sobre suas expectativas para a temporada e a rotina de treinos durante a quarentena por conta da pandemia do coronavírus. Devido à necessidade de isolamento social, os atletas têm trabalhado de casa, visando ao menos manter o preparo físico para quando as competições retornarem.

Desde o início da quarentena, Rhodolfo está com sua família em um sítio em Barra do Jacaré, interior do Paraná. O zagueiro afirma que está aproveitando o período para aproveitar a companhia da esposa e dos filhos.

Rhodolfo demonstra confiança com futuro do Coxa (Foto: Divulgação/Coritiba)

“O isolamento social fez eu me libertar do celular. Passava muito tempo mexendo, vendo notícias, redes sociais e respondendo mensagens. Agora vejo poucas vezes por dia, respondo algumas mensagens e estou procurando aproveitar cada minuto com a minha família. Brinco bastante com os meus filhos e curto com a minha esposa, pois sei que quando voltarmos aos treinos teremos uma rotina puxada”, afirmou.

Além do lazer, o jogador do Coxa têm aproveitado o espaço do sítio para os treinamentos: “Sou um jogador que dependo muito da minha força. Por isso, tenho uma rotina de treinos. Aqui no sítio tenho um bom espaço e também correr atrás dos meus filhos não é fácil. Ambos parecem atacantes velozes”.

O início da passagem de Rhodolfo pelo Coritiba têm sido positivo. Afinal, o zagueiro é um dos artilheiros da equipe no Campeonato Paranaense, com três gols. Para o jogador, a expectativa é seguir com o bom desempenho quando as competições retornarem.

“Sei que a função inicial de um zagueiro é defender, mas marcar gols também é bastante importante. Comecei 2020 ajudando o Coritiba neste sentido e espero manter isso na sequência da temporada. Temos um elenco forte, uma torcida apaixonada e sabemos que é muito difícil de nos bater quando jogamos no Couto Pereira. Por isso, creio num restante de ano positivo do Coxa”, concluiu.