Esportes

Chapa Coritiba Ideal vence a eleição e Renato Follador é o novo presidente do Coxa

Com ampla maioria na votação, chapa liderada por Renato Follador vence com tranquilidade

Guilherme
Guilherme Boller
Chapa Coritiba Ideal vence a eleição e Renato Follador é o novo presidente do Coxa
Chapa Coritiba Ideal foi eleita com ampla maioria dos votos. Renato Follador presidirá o clube no triênio 2021-2023 (FOTO: Divulgação/Coritiba Ideal)

29 de dezembro de 2020 - 16:44 - Atualizado em 29 de dezembro de 2020 - 20:59

Após um longo e conturbado processo eleitoral, o Coritiba finalizou na tarde desta terça-feira (29) a votação para a escolha da chapa que irá assumir a gestão do clube alviverde no triênio 2021-2023. Com 2.696 votos, a chapa Coritiba Ideal, presidida por Renato Follador, foi a escolhida entre os mais de 4000 sócios aptos a votarem.

Chapa Coritiba Ideal venceu a eleição no clube e assumirá a gestão no triênio 2021-2023 (FOTO: Divulgação/Coritiba Ideal)

RENATO FOLLADOR

Eleito novo presidente do Coxa, Renato Follador é filho de Renatinho, craque do clube nos anos 1950 e também foi atleta do verdão nos anos 1970. Apesar da carreira dentro dos gramados, o novo mandatário destaca-se pelo conhecimento na área empresarial, tendo atuado também como Secretário de Previdência no Estado do Paraná durante o governo de Jaime Lerner.

Follador já integrou a diretoria do Coritiba entre 2015 e 2016, atuando na área financeira durante a gestão do então presidente Rogério Bacellar. Além do novo presidente, outros quatro nomes constituem o G5 da chapa eleita: Juarez Moraes e Silva, Marcelo Beltrão de Almeida, Glenn Sérgio Mikosz Stenger e Osiris Pontoni Klamas.

O presidente eleito nesta terça-feira tem a proposta de fazer uma reformulação geral no clube, desde o administrativo até o elenco, além de fortalecer a formação de jogadores e um projeto de revitalização para o Couto Pereira.

Também concorreram ao pleito a chapa União Coxa, liderada pelo médico João Carlos Vialle, que somou 680 votos, além da chapa Coritiba Responsável, que tentou a reeleição do presidente Samir Namur, mas finalizou a eleição com apenas 182 votos.

A nova diretoria tomará posse já no dia 30 de dezembro, assumindo um clube em crise, que está na lanterna do Campeonato Brasileiro com 93% de chances de rebaixamento, além de uma dívida próxima aos R$ 300 milhões.

Em entrevista a TV Coxa Prime, Renato Follador deu sua primeira declaração como presidente do Coritiba. Ele se disse grato a torcida coxa-branca e pontuou que a responsabilidade será a palavra chave do seu mandato.

“Me sinto extremamente grato a grande nação coxa-branca que acreditou em nós. Me sinto comprometido, eu e todos do G6. A primeira palavra que falamos quando soubemos do resultado foi responsabilidade. O que podemos prometer é muito trabalho, pois, com ele, não tenho dúvidas que as conquistas voltarão”.

VOTAÇÃO

Em setembro, os sócios decidiram em Assembleia Geral Extraordinária que a eleição aconteceria no dia 12 de dezembro. Entretanto, a data precisou ser alterada por conta das restrições municipais na prevenção contra a Covid-19.

Desta maneira, a eleição acabou sendo postergada para o dia 15 de dezembro, com a votação sendo realizada de maneira virtual, mas sofreu novo adiamento após duas, das três chapas concorrentes, contestarem a atualização cadastral dos sócios e apontarem erros na empresa responsável pela contagem dos votos.

No último dia 15, membros do conselho deliberativo realizaram uma reunião extraordinária, que definiu a realização da votação para o dia 29 de maneira online.

4.164 sócios estavam aptos para a votação que foi iniciada às 10h e finalizada às 16h. Ao todo, foram contabilizados 3.570, elegendo a Chapa Coritiba Ideal com 2.696, um total de 75,77% dos votos. Em segundo lugar ficou a chapa União Coxa, de João Carlos Vialle, com 19,11% dos votos, enquanto a chapa liderada por Samir Namur contabilizou apenas 182 votos, 5,12% do total.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.