Esportes

Reforço do Santos, Camacho tem média de um passe errado a cada 10

Gazeta
Gazeta Esportiva

16 de junho de 2021 - 10:00 - Atualizado em 16 de junho de 2021 - 16:00

Reforço do Santos a pedido de Fernando Diniz, Camacho tem o passe como principal característica e se encaixa no estilo de jogo do técnico.

Camacho foi dirigido por Diniz no Audax, Guaratinguetá e Athletico-PR e conhece a metodologia do treinador: bola no chão, linhas altas e busca pelo gol com a participação desde o goleiro são premissas do trabalho.

E os números recentes no Corinthians, elencados pelo Sofascore, ajudam a entender o motivo de Fernando Diniz pedir Camacho à diretoria do Peixe.

Desde o retorno ao Timão em 2020, Camacho jogou 46 vezes (24 como titular), fez um gol e deu três assistências. Ele teve 89% de acerto nos passes e 74% nos lançamentos.

Defensivamente, porém, as estatísticas de Camacho não animam: ele venceu 47% dos duelos e desarmou em apenas 67 oportunidades. Foram 11 cartões amarelos no período.

“Sou um cara polivalente e podem esperar isso aqui também no Santos, até por conta do estilo do Diniz, que sempre pede muita movimentação no meio de campo. Eu consigo fazer ali o primeiro volante e o segundo também. Onde ele achar melhor eu estarei à disposição. Pode contar comigo, nação santista. Estou feliz demais em estar aqui e podem acreditar que vou dar a minha vida por essa camisa”, disse Camacho, no anúncio do Santos.

Camacho assinou até dezembro de 2022 e pode estrear contra o Fluminense na próxima quinta-feira, às 19h (de Brasília), no Maracanã, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.