Botafogo

Ramón Díaz se pronuncia após demissão do Botafogo

Gazeta
Gazeta Esportiva

27 de novembro de 2020 - 19:15 - Atualizado em 27 de novembro de 2020 - 19:30

O Botafogo surpreendeu nesta sexta-feira ao demitir o técnico Ramón Díaz e sua comissão técnica. Os alvinegros agiram rápido e contrataram Eduardo Barroca, que volta ao clube carioca.

Ramón Díaz está na Argentina, se recuperando de cirurgia. O período de afastamento foi maior que o alegado pelo comandante, o que culminou na decisão pela saída dos alvinegros.

O treinador se pronunciou nas redes sociais sobre o assunto. Ramón Díaz evitou criticar a diretoria do Botafogo.

“Esta é uma mensagem para todos que me seguem e que se preocupam comigo. Quero que vocês saibam que a operação foi um êxito e que minha alta será no dia 7 de dezembro. Mando mensagem também para todos no Botafogo, jogadores e ambiente futebolístico. As coisas não saíram como queríamos, a verdade é que um futebol que gosto e não perco a esperança de um dia poder dirigir um clube no Brasil” disse.

Ramón Díaz foi demitido antes mesmo de estrear. O argentino só tinha retorno previsto ao Brasil no dia 7 de dezembro. Como o Botafogo está na zona de rebaixamento, os dirigentes decidiram encerrar o vínculo com o treinador.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.