Corinthians

Que se ferrem, diz Valdívia sobre torcida por rebaixamento de Corinthians e São Paulo

O chileno de 37 anos afirmou que não jogaria no Corinthians, argumentando que a torcida dos dois times não iriam gostar

Gazeta
Gazeta Esportiva
Que se ferrem, diz Valdívia sobre torcida por rebaixamento de Corinthians e São Paulo
Amado por uns, odiado por outros (Foto: Reprodução/Getty Images)

6 de julho de 2021 - 08:47 - Atualizado em 6 de julho de 2021 - 14:14

Na noite da última segunda-feira, o meia Valdivia, ex-Palmeiras, concedeu uma entrevista para o Arena SBT. Como sempre, o Mago mostrou sua língua afiada, principalmente ao falar dos rivais do Verdão.

Perguntado sobre qual dos dois, entre Corinthians e São Paulo, prefere que seja rebaixado para a Série B do Brasileiro, Valdivia disse que torce para a queda de ambos. “Os dois, que se ferrem os dois”, afirmou.

O chileno de 37 anos afirmou que não jogaria no Corinthians, argumentando que a torcida dos dois times não iriam gostar.

“Não poderia jogar. Primeiro que tinha que ter um interesse do clube. E não tem, não vai ter jamais. Outra coisa é que me identifico muito com o Palmeiras, apesar de ter muita gente que não gosta de mim. Mas tem mais gente que gosta do que gente que não gosta. Sendo sincero, não jogaria no Corinthians, a torcida do Corinthians não iria gostar, a do Palmeiras não iria gostar, a minha família também não, porque é toda palmeirense”, disse o atual jogador do Unión La Calera, do Chile.

Ver essa foto no Instagram

São Paulo, Valdivia foi um pouco mais ameno nas palavras.

“Acho que a briga seria menor, (as torcidas) bateriam menos”, comentou o meia.

Valdivia teve duas passagens pelo Palmeiras, de 2006 a 2008 e 2010 a 2015. Ao todo, disputou 138 partidas pelo Verdão, marcando 18 gols e distribuindo 27 assistências.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.