Esportes

Quatro anos após título do Brasileiro 2016, ex-presidente Nobre agradece a Cuca e Dudu

Gazeta
Gazeta Esportiva

27 de novembro de 2020 - 13:39 - Atualizado em 27 de novembro de 2020 - 23:45

Com uma vitória sobre a Chapecoense, o Palmeiras conquistou o título do Campeonato Brasileiro 2016 no dia 27 de novembro. Exatos quatro anos depois, o então presidente Paulo Nobre citou o técnico Cuca e o capitão Dudu por meio de post publicado no Instagram.

“Agradeço ao Cuca, representando toda comissão técnica e profissionais envolvidos nesse trabalho, e ao capitão Dudu, representando todo aquele maravilhoso grupo de jogadores que honraram nossa camisa em campo!”, escreveu Paulo Nobre, com uma foto ao lado do camisa 7 erguendo a taça.

Há quatro anos, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras contou com gol do lateral direito Fabiano para vencer a Chapecoense por 1 a 0, no Allianz Parque. A partida marcou a última exibição do time catarinense antes do acidente aéreo sofrido a caminho da Colômbia.

“Senti, além de toda alegria e orgulho que todo palmeirense sentiu, a sensação do dever cumprido, comandando um grupo de pessoas que remaram para o mesmo lado e seguindo uma filosofia de trabalho que acreditávamos ser a correta para fazer do nosso grande amor o grande protagonista do Brasil novamente!”, postou Nobre.

O técnico Cuca mandou a campo a seguinte escalação para garantir o título brasileiro antecipado: Jailson (Fernando Prass); Fabiano (Gabriel), Edu Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto; Tchê Tchê (Thiago Santos), Jean e Moisés; Dudu, Roger Guedes e Gabriel Jesus.

“Quatro anos atrás, encerrávamos com chave de ouro uma gestão de reconstrução do Palmeiras, arrebentado por pessoas irresponsáveis e despreparadas que estiveram à frente do clube em gestões anteriores! Que venham outros títulos, pois, para o Palmeiras, vencer faz parte da nossa história! Avanti Palestra!”, escreveu Nobre.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.