Esportes

Punido com terceiro amarelo, Abel se retrata e aprova espírito do Palmeiras no clássico

Gazeta
Gazeta Esportiva

20 de fevereiro de 2021 - 00:56 - Atualizado em 20 de fevereiro de 2021 - 19:00

Com uma arbitragem polêmica de Leandro Vuaden, Palmeiras e São Paulo empataram por 1 a 1 na noite desta sexta-feira, no Estádio do Morumbi. Punido com o terceiro amarelo no Campeonato Brasileiro, Abel Ferreira decidiu abrir sua entrevista com uma retratação e aprovou o espírito da equipe, que buscou a igualdade nos acréscimos.

“Sou ser humano, como todos. Cometo meus erros, faço as minhas asneiras. Tento me portar bem, mas, hoje, não tive um comportamento à altura de um treinador do Palmeiras, que é ficar no banco e tranquilo, independentemente do que se passa dentro de campo. Sei que o futebol é de muitas emoções, mas tenho que corrigir isso”, reconheceu.

No primeiro tempo, os palmeirenses pediram pênalti de Bruno Alves em lance com Luiz Adriano, mas Vuaden mandou seguir e não consultou o monitor do VAR. Coincidentemente, na etapa complementar o juiz decidiu marcar toque de Mayke dentro da área após cruzamento de Toró ao rever o lance pela tela.

“Independentemente de ter razão ou não, não posso ter esse comportamento e fica aqui meu pedido de desculpa. Comprometo-me com todos que estão ouvindo para, no futuro, ter um comportamento à altura e ao nível das exigências do Palmeiras”, prosseguiu Abel, suspenso no jogo contra o Atlético-GO, pela 37ª rodada do Brasileiro.

Questionado especificamente sobre a arbitragem de Leandro Vuaden no Estádio do Morumbi, o treinador português evitou reclamar e repetiu a retratação. Ao falar da partida, porém, Abel Ferreira foi mais detalhista e adotou tom elogioso em relação a seus pupilos.

“Gostei muito do jogo que fizemos. Se tivesse que haver um vencedor, teríamos que ser nós”, disse o português, com cuidado para não reclamar do árbitro. “Como equipe, é esse espírito que devemos ter: contra tudo, contra todos. Contra todas as adversidades, ter essa atitude, esse empenho e esse desempenho”, completou.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.