Esportes

PSG supera ausência de Neymar e vence o Nantes pelo Campeonato Francês

Gazeta
Gazeta Esportiva

31 de outubro de 2020 - 18:55 - Atualizado em 31 de outubro de 2020 - 19:15

O Paris Saint-Germain conseguiu superar a ausência de Neymar, que teve um rompimento no adutor esquerdo na última partida, e venceu o Nantes por 3 a 0, neste sábado, pela 9ª rodada do Campeonato Francês. Depois de um primeiro tempo apagado, os parisienses construíram o resultado na etapa final com gols de Herrera, Mbappé e Sarabia.

Com o resultado, o PSG chegou aos 21 pontos e manteve a liderança da competição. Já o Nantes tem desempenho irregular neste início de campeonato e é apenas o 15º colocado, com oito pontos.

O Paris Saint-Germain teve a primeira chegada de perigo, aos 11 minutos, quando Sarabia acertou a trave, mas o Nantes foi melhor e esteve mais perto de abrir o placar na primeira etapa. Simon, aos 15, perdeu um gol inacreditável, sem goleiro, e Muani quase marcou um golaço, mas a bola passou triscando a trave. Sem a rede balançar, as equipes desceram para o vestiário com o 0 a 0 no placar.

Na volta do intervalo, o PSG subiu a campo com outra postura e precisou de apenas um minuto para inaugurar o marcador. Mbappé puxou a jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para Ander Herrera, chegou batendo para anotar o gol parisiense. O placar foi ampliado aos 19, quando Mbappé converteu pênalti sofrido por ele mesmo. Quatro minutos depois, o Nantes teve chance de diminuir, também em penalidade máxima, mas Navas defendeu a cobrança de Muani. Já na reta final do confronto, aos 43, Sarabia aproveitou o recuo errado da zaga adversária e tocou de cavadinha na saída do goleiro para anotar o terceiro gol e fechar a vitória.

Rennes x Brest

Mais cedo, foi a vez do Rennes receber o Brest e emplacar vitória importante por 2 a 1 para subir à terceira colocação com 18 pontos. A equipe viu os visitantes saírem na frente com Franck Honorat aos 12 do segundo tempo, mas buscou a virada com os dois zagueiros. Primeiro com Damien Da Silva, aos 21, e depois com Aguerd, aos 25.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.