Esportes

Primeira convocação de Weverton à Seleção Brasileira completa quatro anos

Gazeta
Gazeta Esportiva

30 de julho de 2020 - 15:45 - Atualizado em 30 de julho de 2020 - 16:15

O goleiro do Palmeiras Weverton comemora nesta sexta-feira uma marca especial na carreira: há quatro anos o arqueiro era convocado pela primeira vez para defender a Seleção Brasileira.

Então no Athletico-PR, Weverton foi chamado por Rogério Micale para substituir o goleiro do Alviverde, Fernando Prass, na seleção olímpica que disputaria os Jogos do Rio-2016. Prass se lesionou semanas antes do torneio e teve que ser cortado.

“Me lembro dessa primeira convocação como se fosse hoje. Não esperava, e Deus me surpreendeu de uma forma fantástica. Fiquei muito feliz e realizado. Eu vibrava todo dia com minha família. Claro que fiquei triste pelo Prass na época, que é um grande atleta e tem história no futebol, mas por outro lado, o sonho de menino estava se tornando realidade, em vestir a camisa mais vitoriosa do mundo”, contou Weverton.

Nas Olimpíadas, o goleiro foi titular e ajudou o Brasil na conquista do ouro inédito no futebol masculino. Weverton sofreu apenas um gol em seis jogos, exatamente na final, e pegou um pênalti na disputa de penalidades contra a Alemanha.

Após chegar ao Palmeiras, o goleiro seguiu sendo convocado, agora por Tite na Seleção principal. São dez convocações e dois jogos como titular. O arqueiro foi chamado para a primeira rodada dupla das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa de 2022.

“Estou feliz e motivado para estar com a seleção nesses dois jogos. São partidas importantes para iniciarmos bem essa competição e levarmos o Brasil para mais uma Copa do Mundo. Se eu tiver a oportunidade de jogar, estarei preparado” disse.

O Brasil enfrenta Bolívia e Peru, nos dias 4 de setembro e 10 de outubro, pela abertura da competição.