Campeonatos

Pressionado, Rogério Ceni busca recuperar lado psicológico do elenco do Flamengo

Gazeta
Gazeta Esportiva

11 de janeiro de 2021 - 14:36 - Atualizado em 11 de janeiro de 2021 - 22:30

Rogério Ceni convive com pressão e críticas no Flamengo. A derrota para o Ceará, neste domingo, no Maracanã, pela 29ª rodada do Brasileiro, foi um golpe duro para o treinador. Em busca de soluções, Ceni sabe que também precisa recuperar o lado psicológico do elenco rubro-negro.

“Essa é a parte mais difícil (psicológico). Os jogadores se cobram. Temos de tentar competir mais. O talento existe, mas temos que colocar à prova o poder de competição. Assim teríamos mais chances de chegar às vitórias. Eu, como treinador, tenho que encontrar as soluções e os jogadores precisam competir mais. Vamos tentar ser tão competitivos nos jogos quanto nos treinos. Temos o Gerson de ausência, tomou o terceiro cartão. Precisamos encontrar um homem para a função. E recuperar a parte anímica”, declarou Rogério Ceni.

O técnico está pressionado no cargo e vem sendo questionado pela torcida. À frente do Flamengo, Ceni amargou eliminações na Copa do Brasil e na Libertadores. E a briga pelo título brasileiro vai se complicando.

O ex-goleiro do São Paulo tem 12 jogos no comando do Flamengo e venceu apenas quatro – empatou quatro e também perdeu quatro. Além dos resultados, as críticas ao técnico também são pelo futebol apresentado.

O Flamengo está na quarta colocação do Brasileiro, com 49 pontos, sete a menos do que o líder São Paulo. Na próxima rodada, o Rubro-Negro encara o Goiás, na segunda-feira, às 20h, em Goiânia.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.