Cruzeiro

Presidente eleito do Cruzeiro anuncia pagamento de dívida na Fifa

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

29 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 29 de maio de 2020 - 00:00

O presidente eleito do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, anunciou nesta quinta-feira o pagamento de uma primeira parte da dívida referente à compra do atacante Willian, atualmente no Palmeiras, que estava atuando no Zorya, da Ucrânia, à época. O clube europeu havia levado o caso à Fifa. Segundo o mandatário, essa ação já tira o clube do perigo de perder mais pontos na Série B do Campeonato Brasileiro.

“A dívida da Fifa está paga. O Cruzeiro não vai ter problema de perda de pontos mais”, declarou. Sérgio Santos diz que isso foi possível graças a Pedro Lourenço, dono do Supermercados BH. “A gente trabalhou no fim de semana, na segunda-feira até tarde, terça nos reunimos com o Bruninho, filho do Pedro, e apresentamos para ele um novo projeto, um projeto de construção Cruzeiro e Supermercados BH”, disse o presidente eleito, que tomará posse na segunda-feira.

O presidente explicou que o Cruzeiro não aceita caridade. Segundo ele, o Supermercado BH está fazendo uma parceria com a Raposa. “Eu ainda falava com ele: ‘Pedro, não quero te pedir dinheiro, não quero que você empreste dinheiro para o Cruzeiro mais, não quero que você compre jogador que não precisa para poder colocar dinheiro no Cruzeiro. Eu quero que o Cruzeiro seja seu parceiro, que a torcida do Cruzeiro te abrace, dê retorno, como faça’”, afirmou.

O anúncio foi feito por meio de uma live, na qual o mandatário deixou a entender que as parcerias não param com o empresário mineiro. “O Pedro entendeu, como outros anúncios que a gente pretende fazer em breve de novos parceiros entenderam, que no novo Cruzeiro a gente faz parceria com as pessoas, e não patrocínio”, afirmou.

Antes de acertar o pagamento de parte da dívida ao Zorya, a Raposa já havia tomado uma punição de perda de seis pontos na Série B pelo não pagamento do empréstimo do volante Denílson pelo Al Wahda, dos Emirados Árabes.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.