Bastidores

Presidente e Vice do Inter rebatem comentário de Marcos Braz: “Foi deselegante”

Gazeta
Gazeta Esportiva

17 de fevereiro de 2021 - 15:28 - Atualizado em 17 de fevereiro de 2021 - 23:45

O comentário do vice de futebol do Flamengo, Marcos Braz, endereçado à Porto Alegre repercutiu e coube ao presidente e vice do Internacional responderem a questão antes do confronto decisivo entre as duas equipes no Brasileirão.

“Eu acredito que o futebol brasileiro, pelo tamanho, precisa ter dirigentes com a mesma envergadura. Que possam abrilhantar e deixar que o espetáculo seja os jogadores e comissões técnicas, e não instituições”, disse o presidente Alessandro Barcellos.

O cartola participou do programa Seleção Sportv, no canal do grupo Globo, e concluiu: “Até porque as instituições falam por si só, pela sua história, seus títulos e suas conquistas… Eu quero acreditar que ele se referia a mim, porque o Internacional é muito grande”.

Nesta mesma quarta-feira, o vice-presidente da equipe gaúcha também se manifestou sobre o ocorrido. Em entrevista à Rádio Gaúcha, João Patrício Hermann destacou o desrespeito do carioca rubro-negro.

“Respeitamos o Flamengo, vamos continuar respeitando, mas o Braz foi deselegante. Foi uma declaração antiga, atualmente o futebol é disputado dentro das quatro linhas”, comentou o vice-presidente.

Multa de Rodinei

Alessandro Barcellos encerrou sua participação no programa falando sobre a possibilidade de pagar a multa contratual para que Rodinei entre em campo na partida decisiva de domingo, contra o Flamengo.

“Nós estamos trabalhando essa questão internamente, de uma forma técnica. É uma decisão da comissão técnica e do departamento de futebol”, concluiu o presidente.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.