Esportes

Presidente do Santos se reúne com a Umbro e explica falta de uniformes

Gazeta
Gazeta Esportiva

30 de outubro de 2020 - 18:21 - Atualizado em 30 de outubro de 2020 - 18:45

O presidente do Santos, Orlando Rollo, se reuniu com a Umbro, empresa fornecedora de material esportivo do clube, para tentar entender a falta de uniformes.

De acordo com Rollo, o problema está no planejamento feito pela gestão afastada de José Carlos Peres, sem esperar boa aceitação do torcedor.

“Temos problema com distribuição de uniformes. Problema não é a Umbro, tive uma reunião com a diretoria da Umbro ontem (quinta-feira). Santos fez planejamento pífio para esse ano. Camisa rosa? Todo mundo quer, mas não estará à venda. Fiquei indignado. Eu adorei, uso ela. Mas Comitê de Gestão passado não conhece o perfil do torcedor. E a encomenda foi feita há um ano. Produção pífia, acharam que não haveria procura. Pedi uma nova cota de camisas e falaram que só para ano que vem”, disse Rollo, em entrevista coletiva.

“Engordei um pouquinho, preciso de um GG e é difícil achar. Engordei 15 kilos na pandemia e não encontro. Pedi a fabricação de todos os tamanhos. Vamos colocar à venda a camisa com homenagem a Pelé com esse logo (aponta para a camisa). Redes sociais adoraram. Peço desculpa se querem comprar camisas maiores ou a rosa, mas não é culpa dessa gestão de transição. É culpa da gestão afastada que não conhece a torcida do Santos”, completou.

A camisa rosa foi feita em alusão ao “Outubro Rosa”. O estoque esgotou rapidamente.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.