Esportes

Presidente do Santos comemora decisão do STJD: “Poder não se toma na força”

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Presidente do Santos comemora decisão do STJD: “Poder não se toma na força”

13 de novembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 13 de novembro de 2019 - 00:00

Peres comemora decisão do STJD (Ivan Storti/SFC)

O presidente do Santos, José Carlos Peres, comemorou a decisão do STJD no fim da tarde desta terça-feira. O órgão deferiu efeito suspensivo e liberou o mandatário da suspensão de 15 dias por críticas feitas ao VAR.

Com a decisão, o presidente está liberado para voltar a exercer todas as suas atividades dentro do clube, até que um novo julgamento do recurso seja realizado no Pleno do STJD. Ainda não há data marcada para a sessão.

Assim, Peres retoma a rotina, enquanto Orlando Rollo segue na vice-presidência após segunda-feira turbulenta no Peixe.

“O poder não se toma na força. Precisa respeitar o estatuto. O clube foi desrespeitado e poderia criar crise. O clube vai bem. Queira ou não, os jogadores assistem e escutam todas as notícias. Graças a Deus encerramos o caso hoje”, disse Peres, à Rádio Bandeirantes.

“Mesmo que ele (Orlando Rollo) pudesse, não poderia invadir a sala da presidência com mais 25 pessoas. Eles tomaram o clube de forma violenta”, completou.

O vice-presidente Orlando Rollo promete seguir na luta contra o que classifica como “gestão temerária”. Seus advogados discordam da decisão do STJD.

“O grande problema é que o presidente afastado consegue ser unanimidade. Ninguém se dá bem com ele. Todo mundo que aporta no Santos se indispõe com ele. Eu me dou bem com todo mundo. Todo mundo briga com o Peres, e o Peres briga com todo mundo. Sou apenas mais uma vítima do Peres”, disse Rollo, na última segunda.