Atlético-MG

Presidente do Atlético-MG descarta contratação de Villa, do Boca Juniors

Gazeta
Gazeta Esportiva

17 de setembro de 2020 - 08:59 - Atualizado em 17 de setembro de 2020 - 09:15

O presidente do Atlético-MG, Sérgio Sette Câmara, afirmou por meio de sua conta oficial no Twitter que o clube não vai contratar Sebástian Villa, do Boca Juniors. O jogador vinha sendo especulado no Galo, mas por ter sido acusado de agredir a ex-namorada, teve sua chegada à Minas Gerais descartada.

A torcida do Atlético já havia se manifestado contra a negociação, algo que também pode ter pesado na decisão do presidente. Entretanto, o principal motivo para que o negócio não acontecesse foi a agressão. Sette Câmara citou em sua publicação a #ViraOJogo, hashtag usada na campanha contra a violência à mulher.

A contratação de Villa, de 24 anos, teria sido uma indicação do técnico Jorge Sampaoli. Segundo o cartola atleticano, a comissão técnica tem liberdade para indicar jogadores, mas quem toma a decisão final é o presidente. Outro pedido do técnico argentino foi o meia Thiago Neves, que chegou a assinar um pré-contrato, mas o negócio foi cancelado após protestos da torcida.