Campeonatos

Presidente da Federação Dinamarquesa critica a UEFA: “Decisão inaceitável”

Gazeta
Gazeta Esportiva

16 de junho de 2021 - 14:02 - Atualizado em 16 de junho de 2021 - 14:15

Nesta quarta-feira, o presidente da Federação Dinamarquesa, Jesper Moller, criticou a UEFA em comunicado por retomar a partida da Dinamarca contra a Finlândia, válida pela primeira rodada da Eurocopa, após o colapso de Eriksen. De acordo com o dirigente, a decisão foi inaceitável.

“Foi uma decisão errada e completamente inaceitável que os jogadores tivessem de entrar em campo pouco tempo depois de terem passado por uma experiência horrível. Os jogadores e treinadores não podem ser colocados nessa situação”, afirmou o mandatário.

Na ocasião, houve uma rápida reunião entre os dirigentes de Finlândia, Dinamarca e Finlândia. A entidade que comanda o futebol europeu ofereceu duas opções, que o jogo fosse retomado no mesmo dia ou no dia seguinte. Jesper Moller falou em alterar as regras para que uma situação como a do último sábado não aconteça mais.

“Temos de pensar em alterar as regras para que nunca mais nos encontremos na mesma situação. O que aconteceu no sábado não deve voltar a acontecer”, ressaltou.

A Dinamarca volta a campo nesta quinta-feira, contra a Bélgica, às 13h (de Brasília).

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.