Esportes

Presidente da CBF celebra chance de receber final da Libertadores no Maracanã

Gazeta
Gazeta Esportiva

30 de janeiro de 2021 - 17:11 - Atualizado em 31 de janeiro de 2021 - 00:00

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, foi ao Estádio do Maracanã para acompanhar pessoalmente a final da Copa Libertadores na tarde deste sábado. Satisfeito, o dirigente celebrou a chance de receber a decisão entre Palmeiras e Santos no Rio de Janeiro.

“É uma final histórica, inesquecível, entre duas camisas de peso, de times que já foram campeões da Libertadores e fizeram história nessa competição. Temos o privilégio de realizar essa partida em solo brasileiro e em um estádio icônico, como é o Maracanã”, disse Caboclo ao Fox Sports.

Nas semifinais da atual edição da Copa Libertadores, coincidentemente, os dois mais tradicionais times da Argentina acabaram eliminados. De maneira dramática, o Palmeiras superou o River Plate, enquanto o Santos, com menos sofrimento, passou pelo Boca Juniors.

“Significa uma grande conquista, em primeiro lugar, porque nada vem à toa. Trabalhamos muito para que o Brasil pudesse ser sede da grande final e isso significa confiança que o futebol brasileiro, a CBF e o trabalho dos clubes inspiram nos outros países. É uma grande responsabilidade”, discursou Caboclo.

Na temporada de 2020, estendida por conta da pandemia de covid-19, pela segunda vez consecutiva a Copa Libertadores será decida em final com partida única. Em 2019, o Flamengo conquistou o título continental ao ganhar do River Plate em Lima, capital peruana.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.