Bastidores

Preparador do Grêmio explica rápida reintegração de Diego Souza após covid-19

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

26 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 26 de maio de 2020 - 00:00

O treino do Grêmio desta terça-feira contou com a participação de Diego Souza, que foi reintegrado ao grupo na segunda após ficar de quarentena por ter contraído a covid-19. O preparador físico Márcio Meira justificou a presença do atacante nas atividades em grupo para que ele não fique muito atrasado em relação aos outros jogadores.

“A gente pensou em começar desde o início, como todos fizeram, até que ele alcançasse o nível que os demais estão. Só que poderia ficar muito difícil para ele, treinar sozinho. O Diego já vem de uma quarentena… Então é melhor que ele se junte ao grupo, entre no trabalho geral e, ao final, a gente veja o que ainda falta para ele, para fazer trabalhos individuais”, diz o preparador.

O Grêmio manteve o cronograma de treinos que objetivam o aprimoramento da condição física dos jogadores. Porém, a comissão técnica já planeja atividades que simulem situações de jogo para o começo de junho.

Seguindo os protocolos de saúde, o primeiro grupo de jogadores chegou ao CT Luiz Carvalho, em Porto Alegre, por volta das 8h30. Os outros dois grupos apareceram para treinar às 9h10 e às 10h00, respectivamente. No começo, foram feitos testes fisiológicos para comparar com os resultados dos mesmos exames feitos na primeira semana de treinamento, de forma que possa ser observada a evolução do trabalho.

A última atividade do dia do último grupo foi às 15h00, finalizando a terça-feira do Tricolor Gaúcho.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.