Bastidores

Prefeitura do Rio deve liberar volta aos treinos e retomada do Carioca tem data proposta

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

24 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 24 de maio de 2020 - 00:00

Flamengo já havia voltado a treinar sem a liberação da Prefeitura do Rio de Janeiro

A Prefeitura do Rio de Janeiro deve autorizar a retomada dos treinos a partir desta terça-feira. Além disso, em reunião com a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) e clubes que disputam o Campeonato Carioca, realizada neste domingo, foi proposto o retorno do estadual no dia 14 de junho. A informação foi divulgada pelo Globoesporte.com.

Ainda de acordo com o veículo, a pressão exercida nos últimos dias por Flamengo e Vasco, juntamente aos clubes pequenos e à Ferj, teria sido fundamental para a provável decisão. O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, e Rubens Lopes, presidente da Ferj, devem se manifestar nesta segunda-feira.

Na última terça-feira, Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, e Alexandre Campello, presidente do Vasco, viajaram à Brasília para conversar com o presidente Jair Bolsonaro sobre a volta do futebol. Dois dias depois, Crivella também tratou o tema com o presidente da República.

Também na última semana, o Rubro-Negro treinou pela primeira vez no Ninho do Urubu após a paralisação do futebol pela pandemia do novo coronavírus, mesmo sem liberação da Prefeitura. O clube acabou sendo multado por vetar a inspeção de fiscais da Vigilância Sanitária no CT.

Em nota divulgada na noite deste domingo, a Ferj afirmou que “os clubes devem progredir, passo a passo, com fase de avaliação clínica, testes físicos, exercícios de reabilitação dos efeitos da inatividade muscular e atividades de recuperação da capacidade laborativa”.

Além disso, a entidade citou todos os clubes presentes na reunião, sem os nomes de Botafogo e Fluminense, que já se mostraram contrários ao retorno do futebol durante a pandemia. Um novo encontro deve acontecer nesta segunda-feira, virtualmente.

Segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde, o Rio de Janeiro soma 37.912 casos confirmados de covid-19, com quase 4 mil mortos pela doença. No Brasil, são mais de 360 mil contaminados pelo novo coronavírus, com o número de óbitos passando de 22.600.

Confira na íntegra o comunicado divulgado pela Ferj: 

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro e America, Americano, Bangu, Boavista, Cabofriense, Madureira, Portuguesa, Macaé, Nova Iguaçu, Flamengo, Vasco, Volta Redonda, Friburguense e Resende se reuniram com o prefeito da cidade, Marcelo Crivella, na tarde deste domingo, 24 de maio.

Na reunião, o prefeito revelou que o Comitê Científico classificou como irrepreensível o Protocolo Jogo Seguro de retorno aos treinamentos, produzido pela FERJ e os médicos. Houve entendimento de que, sob a orientação e acompanhamento dos clubes, os jogadores estão mais bem cuidados e em maior segurança.

Com previsão de volta do futebol possivelmente para meado de junho, mas sem público, os clubes devem progredir, passo a passo, com fase de avaliação clínica, testes físicos, exercícios de reabilitação dos efeitos da inatividade muscular e atividades de recuperação da capacidade laborativa.

Conforme combinado, novas reuniões deverão ocorrer para troca de informações, reavaliação e ajustes de diretrizes.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.