Esportes

Possível chegada de Yaya Touré não agradou capitão do Vasco: “Tantos meses de salários atrasados”

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

22 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 22 de maio de 2020 - 00:00

Castán reclamou dos atrasos salariais

Candidato à presidência do Vasco, Leven Siano surpreendeu todos na última quinta-feira ao anunciar que vai anunciar o marfinense e consagrado Yaya Touré como novo reforço do clube. Apesar da eventual chegada de peso, as falas não foram bem recebidas por Leandro Castán, capitão cruz-maltino.

“O que eu não consigo entender na política do Vasco é que estamos com tantos meses, meses e meses de salários atrasados. Talvez fosse a hora de se unir mesmo, todo mundo ajudar. Isso me incomoda e me deixa assim: “Cara, não estou entendendo isso”. É ano de eleição e chega um cara que começa a falar que vai trazer três jogadores da Europa para o Vasco. Tipo assim: “Será que eu estou nesse time aí que ele tá falando?”. Não consigo entender. É loucura”, desabafou Castán em entrevista ao canal Fui Clear.

O Vasco passa por uma crise financeira, que foi impulsionada pela pandemia do coronavírus. Jogadores já reclamaram publicamente de atrasos salariais, pendências de parcelas do 13º e férias.

Por fim, Leandro Castán revelou que tem bom relacionamento com Alexandre Campello, atual presidente.

“Temos um relacionamento muito bom, mas não é como antes também, teve uns problemas no caminho”, finalizou.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.