Esportes

Por questões extracampo, Beccacece anuncia sua saída do Racing

Gazeta
Gazeta Esportiva

26 de dezembro de 2020 - 11:55 - Atualizado em 26 de dezembro de 2020 - 13:15

Após cair para o Boca Juniors nas quartas de final da Libertadores, Sebastián Beccacece convocou, na manhã deste sábado, uma coletiva de imprensa virtual para anunciar que deixará o cargo de técnico do Racing. Ele ainda comandará a equipe nas três partidas que restam da Copa Diego Armando Maradona.

A imprensa argentina já especulava a saída do treinador quando Diego Milito, a pessoa que mais o defendia, deixou o cargo de diretor técnico por desavenças com o presidente Victor Blanco. “Tenho vontade de continuar neste espaço confortável, mas, como todos sabem, Diego (Milito) anunciou que está indo embora e eu continuarei nesse mesmo caminho”, disse Beccacece, que, em meio a uma crise no clube argentino, conseguiu uma classificação histórica contra o Flamengo nas oitavas de final da competição continental.

Sem apresentar muitos detalhes, o técnico deixou claro que o motivo de sua saída é pela questão extracampo. “O caminho ficou adverso, típico de um ano político. Eles queriam instalar muitas coisas, mas nunca poderiam com este grupo. Decidimos com a comissão técnica que vamos terminar assim que o torneio acabar”, declarou.

Por fim, lamentou sair tão repentinamente do Racing, pois queria ter um projeto mais longo e ganhar títulos com a camisa da La Academia. “Deixo me sentindo incompleto. Já estávamos pensando em mais seis meses. Eu vivo tudo intensamente. Racing é família, paixão… Não tenho dúvidas de que vou manter o vínculo com essa equipe. Eu gostaria de ter um título, mas tenho que levar outros tipos de medalhas”, finalizou.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.