Esportes

Peres nega negociação em andamento, mas abre portas para Robinho

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Peres nega negociação em andamento, mas abre portas para Robinho

29 de fevereiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 29 de fevereiro de 2020 - 00:00

O presidente do Santos, José Carlos Peres, falou sobre a possibilidade de repatriar Robinho na noite desta sexta-feira. O dirigente explicou que não há negociação em andamento pelo atacante do turco Basaksehir, mas abriu as portas para o retorno do ídolo e, em entrevista à Espn Brasil, comentou a condenação por violência sexual do jogador.

“Ele está se defendendo. No começo da minha gestão quase o trouxemos, mas cheguei a conclusão que ele tinha que ir lá se defender para contratar. Robinho é um Menino da Vila, a torcida do Santos gosta do Robinho e a gente respeita isso. Ele tem uma identidade com o Santos muito forte e ele pode vir, sim. A porta está aberta para ele vir. Não temos negociação, ninguém está negociando ainda, só conversamos com a empresária”, afirmou.

A última passagem de Robinho pelo Santos foi em 2015 (Foto: Divulgação/Ivan Storti)

Por fim, o presidente do Peixe rasgou elogios ao atacante, mas destacou que o desejo ainda não se transformou em uma proposta definitiva. Uma nova regra no futebol turco impõe uma tarifa de 70% no salário de estrangeiros, o que torna a renovação de Robinho com o Basaksehir improvável. Assim, Peres vai esperar o desfecho da situação para agir.

“É um jogador bom de vestiário, muito alegre e eu sei porque estava no clube quando ele estava. Ele tem liderança, uma energia com a torcida e isso a gente não pode negar. É um desejo do clube? Com certeza. Mas, para se transformar em realidade, nós temos um impasse ainda, que é o jogador ficar livre lá na Turquia. Quanto ao processo, é dele, é particular, uma coisa privada. Se ele errou, vai responder, não tenha dúvida alguma”, concluiu.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.