Bastidores

Pedida salarial faz São Paulo dar passo atrás em interesse por Miranda

Zagueiro teria pedido um salário de sete dígitos, no mesmo patamar de Daniel Alves, o que inviabilizaria o negócio

Gazeta
Gazeta Esportiva
Pedida salarial faz São Paulo dar passo atrás em interesse por Miranda
Ex-zagueiro da Seleção fica mais distante de retorno ao São Paulo (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

2 de março de 2021 - 16:12 - Atualizado em 2 de março de 2021 - 16:40

O São Paulo consultou o zagueiro Miranda recentemente para tratar sobre seu possível retorno ao Morumbi, mas a pedida salarial do experiente defensor fez a diretoria dar um passo atrás por sua contratação. A informação foi publicada pelo ge e confirmada pela Gazeta Esportiva.

Aos 36 anos, Miranda está voltando ao Brasil. Seu clube na China, o Jiangsu Suning, encerrou as atividades há poucos dias, e ele agora aguarda ofertas para definir qual será seu próximo destino.

Miranda já deixou claro em entrevistas que Coritiba, onde foi revelado, e São Paulo eram prioridades em seu possível retorno ao Brasil, contudo, nenhum dos clubes tem condição de arcar com os vencimentos desejados pelo zagueiro.

Conforme apurou a Gazeta Esportiva, Miranda teria pedido um salário de sete dígitos, no mesmo patamar de Daniel Alves. Já tendo dificuldades para honrar os compromissos com o camisa 10 tricolor, o São Paulo não cogita qualquer tipo de contratação neste patamar, já que a nova gestão vem batendo na tecla da necessidade de uma política de austeridade financeira.

Fato é que o Tricolor está de olho em zagueiros no mercado. Após abrir negociação com o Botafogo por Kanu, que acabou esfriando pelo fato de o clube carioca achar que seu jogador vale mais que o oferecido, o São Paulo sondou Miranda e seguirá buscando oportunidades para reforçar a primeira linha do sistema defensivo, tão castigado nos últimos jogos.

Atualmente o Tricolor tem cinco jogadores à disposição para compor a zaga: Arboleda, Bruno Alves, Diego Costa, Léo (improvisado), Rodrigo e Walce (lesionado). O volante Luan também já exerceu a função com o técnico Fernando Diniz.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.