Bastidores

Pato se manifesta após divulgação de reunião ministerial, e Felipe Melo apoia

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

23 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 23 de maio de 2020 - 00:00

O atacante do São Paulo, Alexandre Pato, se manifestou nas redes sociais na noite de última sexta-feira após a divulgação do vídeo da reunião entre o presidente Jair Bolsonaro e seus ministros, em Brasília.

Em seu perfil, Pato publicou o slogan do governo de Bolsonaro “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos” e recebeu o apoio de um rival. Felipe Melo, que já chegou a manifestar seu apreço pelo atual presidente da República, fez questão de interagir com o camisa 7 do São Paulo nas redes sociais.

“Deus acima de tudo, Deus acima de todos”, escreveu o volante palmeirense como resposta a Alexandre Pato.

O atacante tricolor foi além. “Primeiro, Deus acima de tudo. Quanta maldade e como é difícil ver a situação que passamos. E o Brasil em si. Torço pelo Brasil melhorar e crescer cada vez mais e ser um exemplo de país seguido. Então, vou apoiar o PR [presidente], sim, para que ele possa fazer um Brasil melhor”.

Porque ele está no comando hoje. Mas, também às vezes não concordar com algumas coisas. Então torço para um Brasil melhor. E viva o meu país! Deus proteja e ilumine cada um de nós”.

Recentemente, durante uma live promovida pelo São Paulo, Alexandre Pato se opôs ao posicionamento de Bolsonaro em relação ao distanciamento social. Enquanto o presidente da República é a favor de que as pessoas voltem a trabalhar normalmente, ignorando as recomendações da Organização Mundial da Saúde, o atacante tricolor se mostrou contra o retorno às atividades.

“Meu trabalho vai voltar, a saúde não pode voltar. Então, precisamos ter paciência e segurança. Vamos depois nos acostumar com as novas regras, mas espero que não demore para voltarmos a ter a torcida do nosso lado”, afirmou Alexandre Pato na ocasião.

O atacante do São Paulo, no entanto, não foi o primeiro membro do clube a se manifestar politicamente durante essa quarentena. Recentemente, o diretor de futebol do Tricolor, Raí, criticou o presidente Jair Bolsonaro pelo fato de ele ter categorizado a pandemia do novo coronavírus como “uma gripezinha”.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.