Brasileirão Série A

Paraná Clube é derrotado pelo Atlético-MG no Brasileirão

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

15 de novembro de 2018 - 00:00 - Atualizado em 15 de novembro de 2018 - 00:00

Apesar da luta, Paraná sofre nova derrota (Foto: Geraldo Bubniak)

Um gol de pênalti aos 13 minutos e duas expulsões resultaram na última derrota do Paraná Clube no Brasileirão 2018 na quarta-feira (15)

Um gol de pênalti aos 13 minutos e duas expulsões resultaram na última derrota do Paraná Clube no Brasileirão 2018 na quarta-feira (14). O Atlético Mineiro fez 1×0 e segue na sua caminhada por uma vaga na Libertadores da América. 

Tecnicamente, o jogo não foi bom e a arbitragem confusa de Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa-RJ) contribuiu para o fraco desempenho das equipes, na Vila Capanema. Logo no início da partida, num erro de marcação da zaga tricolor, Luan ficou cara a cara com Richard, tentou encobrir o goleiro e foi derrubado na área. Pênalti, que Fábio Santos cobrou com categoria para abrir o placar.

O Paraná até tentou reagir, mas viu sua missão dificultada aos 29 minutos, quando o árbitro, por reclamação, expulsou Silvinho. Os garotos Andrey e Rodrigo Carioca tentaram, mas as raras ações ofensivas pararam nas mãos de Victor.

No segundo tempo, com outro menino da base – Keslley – na vaga de Grampola, o Paraná pretendia usar a velocidade para chegar ao empate. Mas, aos 3 minutos, Andrey recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Com dois jogadores a menos ficou difícil imaginar uma reação. Mesmo assim, o Tricolor foi pouco ameaçado pelo Galo e a torcida paranista chegou a aplaudir a luta da sua equipe, apesar de mais uma derrota em casa, nesta Série A.

PARANÁ CLUBE X ATLÉTICO-MG

Paraná Clube 1×0 Atlético-MG
Paraná: Richard; Wesley Dias, Charles, Igor e Juninho; Leandro Vilela (Jhony Santiago), Alex Santana e Silvinho; Andrey, Rafael Grampola (Keslley) e Rodrigo Carioca (Alesson). Técnico: Dado Cavalcanti.
Atlético: Victor; Émerson (Patric), Léo Silva, Maidana e Fábio Santos; Galdezani, Elias e Cazares; Alerrandro (Denílson) , Terans e Luan (Bruno). Técnico: Levir Culpi.
Local: Durival Britto (Curitiba-PR)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa-RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa-RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)
Renda: R$ 22.940,00
Público pagante: 1.140
Público total: 1.610
Gol: Fábio Santos (pênalti) aos 13’ do 1º tempo
Cartões amarelos: Richard, Alex Santana e Charles (Paraná). Émerson e Patric (Atlético)
Expulsões: Silvinho aos 29’ do 1º tempo e Andrey aos 3’ do 2º tempo

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.