Esportes

Para diminuir concorrência, Marcos Guilherme deve trocar de lado no Santos

Gazeta
Gazeta Esportiva

28 de maio de 2021 - 08:00 - Atualizado em 28 de maio de 2021 - 08:15

Para diminuir a concorrência, Marcos Guilherme deve atuar menos pelo seu lado preferido no ataque do Santos.

O meia-atacante jogou na maior parte do tempo pela ponta direita no Internacional, posição em que o Peixe tem Marinho e Ângelo. Na esquerda, o Alvinegro tem o titular Lucas Braga e nenhuma outra alternativa no elenco se firmou – casos de Copete, Allanzinho e Renyer.

Dessa forma, o técnico Fernando Diniz deve estimular Marcos Guilherme a atuar pela esquerda ou até na armação. O ex-Colorado promete dar conta do recado.

“Sou meia-atacante, gosto de jogar com velocidade, fazer o famoso ‘facão’ e também sou muito tático, gosto de ajudar na parte defensiva. Acho que é uma marca que tenho na minha carreira”, disse o reforço santista.

“O torcedor pode esperar muita vontade, muita garra. Sou um jogador muito intenso, gosto de correr. É uma alegria muito grande vestir essa camisa e vou demonstrar isso em campo”, completou.

Marcos Guilherme disputou 42 jogos pelo Internacional (25 como titular) e fez dois gols e deu quatro assistências. De acordo com o Sofascore, ele demora 355 minutos para participar diretamente de um gol.

Marcos foi emprestado pelo Internacional até até 30 de junho de 2022, sem valor de compra fixado. O Santos pagará o salário na CLT, enquanto o Colorado fica com direitos de imagem.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.