Esportes

Palmeiras tem sede pichada após nova derrota no Campeonato Brasileiro

Gazeta
Gazeta Esportiva

15 de outubro de 2020 - 01:35 - Atualizado em 15 de outubro de 2020 - 01:45

Então integrante da zona de rebaixamento, o frágil Coritiba impôs ao Palmeiras nesta quarta-feira sua terceira derrota consecutiva no Campeonato Brasileiro. Após a partida disputada no Allianz Parque, o muro da sede do clube acabou pichado com protestos direcionados a Vanderlei Luxemburgo, Maurício Galiotte e ao elenco.

Em uma das inscrições nos muros do Palmeiras, o responsável pichou “Fora, Luxa”. O treinador, de fato, acabou demitido pela diretoria após o revés diante do time paranaense, deixando o cargo com um retrospecto de 18 vitórias, 15 empates e cinco derrotas.

As outras inscrições, todas feita com tinta branca sobre o muro verde, diziam “Maurício Banana”, “elenco paneleiro” e “acabou a paz”. As mensagens foram visíveis por pouco tempo, já que funcionários do Palmeiras logo passaram a trabalhar na remoção das pichações.

Em derrocada no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras permanece com os mesmos 22 pontos ganhos e figura apenas na sétima colocação. Pela 17ª rodada, o time alviverde enfrenta o Fortaleza a partir das 20h30 (de Brasília) deste domingo, no Estádio Castelão.