Esportes

Palmeiras e WTorre fecham acordo para criar sala de troféus no Allianz Parque

Gazeta
Gazeta Esportiva

8 de junho de 2021 - 17:29 - Atualizado em 8 de junho de 2021 - 19:45

Após anos de espera, o torcedor do Palmeiras poderá ter a oportunidade de ver de perto as diversas taças conquistadas pelo clube ao longo de sua história. Nesta terça-feira, o presidente Maurício Galiotte e CEO da WTorre, Luís Fernando Davantel, anunciaram acordo para construir uma sala de troféus no Allianz Parque.

“A sala de troféus é uma expectativa dos nossos associados e torcedores. Os troféus estão guardados em um depósito desde 2011. Nesse período, centenas de milhares de novos torcedores se formaram e novas conquistas foram alcançadas. A nossa história é grandiosa e precisa estar à disposição de todos”, disse o mandatário.

No contrato, o Palmeiras terá o direito de alocar uma área de cerca de 2,2 mil m² no primeiro piso do Allianz Parque, com 80 metros lineares de espaço envidraçado. O compromisso terá duração de pouco mais de 23 anos, quando se encerra o prazo de utilização da casa alviverde pela Real Arenas, empresa da WTorre responsável pela gestão do estádio.

“O Palmeiras é amplamente reconhecido como um clube de vanguarda, um clube que traz ações disruptivas para o mercado em que ele atua. A nossa parceria consolidou este fato e temos certeza absoluta de que é só o começo. Nós temos muitos anos pela frente e vamos pensar cada vez mais em trazer novidades que possam tornar a experiência no esporte e no entretenimento ainda mais prazerosa”, declarou o CEO da WTorre.

A expectativa é que a sala de troféus seja inaugurada em setembro, mas será feito um esforço para que a abertura aconteça na última semana de agosto, quando o Palmeiras completa 107 anos. A sala dará inicio ao projeto do memorial alviverde, que será deixado como legado para a próxima gestão do clube.