Esportes

Palmeiras atropela o Universitario em seu último jogo da fase de grupos da Libertadores

Gazeta
Gazeta Esportiva

27 de maio de 2021 - 20:50 - Atualizado em 27 de maio de 2021 - 21:15

Nesta quinta-feira, o Palmeiras não tomou conhecimento do frágil Universitario-PER e goleou por 6 a 0, no Allianz Parque, pela última rodada do grupo A da Libertadores. Com um a mais desde os 17 minutos da primeira etapa, o time comandado por Abel Ferreira construiu a vitória com gols de Viña, Zé Rafael, Gustavo Gómez, Willian e Rony, duas vezes.

O Verdão conhecerá o seu adversário nas oitavas de final da Libertadores em sorteio que será realizado na terça-feira da semana que vem. Cerro Porteño Boca Juniors, Defensa y Justicia, Olimpia, River Plate, São Paulo e Universidad Católica são as equipes já confirmadas no pote dois, sendo potenciais oponentes do Alviverde.

O Palmeiras viu a sua vida ficar bem mais tranquila quando Quintero recebeu o cartão vermelho, aos 17 minutos. Mesmo apresentando uma certa dificuldade para criar, o time foi para o intervalo com uma vantagem de dois gols, marcados por Viña e Zé Rafael.

Com um melhor desempenho no segundo tempo, o Verdão chegou com mais facilidade ao ataque. Sem diminuir o ritmo até o final, a equipe balançou as redes com Gustavo Gómez, Willian e Rony, duas vezes, contando com a cooperação de uma atrapalhada defesa do Universitario.

No domingo, o Palmeiras fará a sua estreia no Campeonato Brasileiro. O jogo será contra o Flamengo, no Maracanã, às 16h.

O jogo – Mesmo tendo a posse de bola e ocupando o campo de ataque, o Palmeiras teve dificuldade para criar no início do jogo. Aos 17 minutos, Quintero foi lançado nas costas da zaga e, de maneira imprudente, acertou a cabeça de Weverton com as travas da chuteira. O jogador recebeu o cartão vermelho e deixou o Universitario com um a menos.

Com a inferioridade numérica, o time peruano recuou ainda mais no campo de defesa, com o Palmeiras alugando o ataque e enfrentando problemas para furar o bloqueio. A primeira chance veio com Scarpa, que recebeu pela direita e acertou a trave.

Aos 41 minutos, o Palmeiras conseguiu abrir o placar no Allianz. Gabriel Menino desceu pela direita e cruzou para dentro da área, encontrando Viña. O uruguaio chegou batendo de primeira e marcou o gol. Cinco minutos depois, a equipe ampliou. O zagueiro do Universitario cochilou, e a bola ficou oferecida para Zé Rafael, que finalizou de esquerda e fez o segundo.

Logo no retorno do segundo tempo, o Palmeiras chegou a balançar as redes, mas o árbitro assinalou impedimento de Wesley. Aos nove minutos, Gustavo Gómez aproveitou sobra da entrada da área e, com o goleiro mal posicionado, finalizou para marcar o terceiro.

Sem fazer muito esforço, o Verdão chegou ao quarto gol. Em novo erro defensivo do Universitario, Willian aproveitou sobra após cruzamento rasteiro de Scarpa e mandou para as redes. Mesmo com a ampla vantagem, o Alviverde não tirou o pé do acelerador e marcou o quinto. Aos 31 minutos, Viña cruzou pela esquerda, Gabriel Menino escorou e Rony apareceu na segunda trave para marcar.

Ainda deu tempo de Rony fazer o seu segundo no jogo. Patrick de Paula pressionou o defensor do Universitario, que entregou a bola para o camisa 7. O atacante finalizou e sacramentou a goleada.

FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 6 X 0 UNIVERSITARIO

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Data: 27 de maio de 2021, quinta-feira

Horário: 19h (de Brasília)

Árbitro: Cristian Garay (CHI)

Assistentes: Jose Retamal (CHI) e Christian Lescano (EQU)

Cartões amarelos: Gustavo Scarpa (Palmeiras); Rangel, Alonso, Zeballos (Universitario)

Cartão vermelho: Quintero (Universitario)

GOLS:

Palmeiras: Viña (41 minutos do 1 º tempo), Zé Rafael (46 minutos do 1º tempo), Gustavo Gómez (nove minutos do 2º tempo), Willian (14 minutos do 2º tempo) e Rony (31 e 44 minutos do 2º tempo)

PALMEIRAS: Weverton; Danilo Barbosa, Gustavo Gómez (Luan) e Alan Empereur (Rony); Gabriel Menino, Zé Rafael, Danilo (Patrick de Paula), Gustavo Scarpa e Matías Viña; Wesley (Raphael Veiga) e Willian (Luiz Adriano).

Técnico: Abel Ferreira

UNIVERSITARIO: José Carvallo; Aldo Corzo, Leonardo Rugel, Federico Alonso (Velarde), Nelinho Quina e Luis Valverde; Murrugarra, Armando Alfageme e Rafael Guarderas (Zevallos); Alberto Quintero e Alex Valera (Gutiérrez).

Técnico: Ángel Comisso

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.