Bastidores

Palmeiras apresenta balanço de 2019 com superávit de R$ 1,7 milhão

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

30 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 30 de abril de 2020 - 00:00

Por meio de seu site oficial, o Palmeiras publicou as demonstrações financeiras de 2019, acompanhadas por relatório de auditores independentes. Com a pandemia do coronavírus, o Conselho Deliberativo do clube não pôde se reunir para analisar o documento.

O Palmeiras teve uma receita total de R$ 665.538.000 durante o ano passado, com despesas de R$ 663.814.000, o que proporciona um superávit de R$ 1.724.000. Esse valor, somado ao superávit acumulado de R$ 59.660.000, perfaz um patrimônio líquido de R$ 61.384.000.

O documento indica que a principal fonte de receita do Palmeiras em 2019 veio com a comercialização de direitos de transmissão de televisão (R$ 216.836.000). Já a maior despesa do clube alviverde foi com gastos de pessoal e encargos sociais (R$ 255.199.000).

A empresa responsável por auditar o balanço “avaliou a capacidade do clube em continuar operando normalmente e está convencida de que ele possui recursos para dar continuidade às suas transações no futuro, não havendo incertezas materiais que possam gerar dúvidas significativas sobre a sua capacidade de continuar operando”.

RECEITAS (2019)

Direitos de transmissão de TV: R$ 216.836

Publicidade e patrocínio: R$ 119.301.000

Arrecadação de jogos: R$ 61.765.000

Negociação de atletas: R$ 108.221.000

Avanti: R$ 46.091.000

Timemania e outros: R$ 1.859.000

Premiações: R$ 21.344.000

Arrecadação social: R$ 39.126.000

Licenciamento de marca e franquias: R$ 15.733.000

Departamentos amadores: R$ 15.000

Rendas diversas: R$ 11.624.000

Financeiras: R$ 23.623.000.000

Total: R$ R$ 665.538.000

DESPESAS (2019)

Pessoal e encargos sociais: R$ 255.199.000

Direito de imagem: R$ 50.922.000

Jogos: R$ 31.414.000

Avanti: R$ 25.374.000

Gerais e administrativas: R$ 90.028.000

Depreciação e amortização: R$ 6.043.000

Amortização – direitos com jogadores: R$ 130.483.000

Baixa de gastos com atletas: R$ 34.338.000

Financeiras: R$ 40.013.000

Total: R$ 663.814.000