Esportes

Pai de Lucas Braga relembra contratação ‘por acaso’ no Santos: “Esse dia foi muito louco”

Gazeta
Gazeta Esportiva

28 de janeiro de 2021 - 05:00 - Atualizado em 28 de janeiro de 2021 - 13:15

Lucas Braga é um dos titulares do Santos e chegou de graça no fim de 2018. E a contratação não teve uma grande avaliação ou aprovação da comissão técnica. Pelo contrário…

De acordo com Fabio, pai de Braga, o Peixe contratou o atacante de surpresa e durante uma visita casual ao ex-presidente José Carlos Peres no escritório do clube em São Paulo.

Miguel Calluf é empresário de Lucas Braga e também de Luiz Felipe. Ele combinou uma reunião sobre o zagueiro e levou o jogador para conhecer o presidente. E saiu de lá com um pré-contrato.

“Esse dia foi muito louco. Ele começou na Luverdense em 2018 e jogou contra o Santos pela Copa do Brasil com três meses de profissional. Depois foi emprestado ao Vila Nova e estava acabando o contrato. O Miguel ia renovar o contrato do Luiz Felipe se eu não me engano e chamou o Lucas para conhecer o presidente. Foram sem saber de nada e de repente fecharam um pré-contrato”, disse Fabio Braga, em entrevista à Gazeta Esportiva.

“No mesmo dia fomos jogar futebol à noite e ele ia jogar com a gente. Ele chegou meio atordoado, falou que foi no escritório e assinou pré-contrato, que caras brigavam pelo contrato e ele quase falando para parar e que jogaria de graça (risos). Ficou meio abobado, mas precisou ficar mais seis meses na Luverdense e veio para o Santos. Era o Sampaoli e grupo fechado, ficou no sub-23, depois emprestado ao Cuiabá, Inter de Limeira por meio do Elano e agora conseguiu sequência”, completou, orgulhoso, o pai.

Lucas Braga assinou no fim de 2018, esperou o fim do contrato no Luverdense e chegou para o segundo semestre de 2019. Depois de alguns jogos pelo Santos B, ele foi para o Cuiabá e Internacional de Limeira antes de ser reintegrado pelo técnico Cuca em agosto de 2020.

“Pessoal me pergunta bastante isso, mas acho que não caiu muito a ficha. Eu como pai não vejo como tão espetacular quanto sei que é. Só de jogar em time grande já é um em um milhão. Mas minha ficha não caiu muito. Fico sem emoção, sabe?”, comenta o pai de Lucas Braga.

A adaptação foi difícil e rendeu até ameaças de morte a Braga, que é torcedor declarado do Santos.

“Quando ele começou (…) Nunca tinha acontecido isso com ele. As críticas afetaram um pouco o psicológico, foi lá para baixo. Recebeu até ameaça de morte de torcedor. Aí ele começou a trabalhar essa parte psicológica. Eu ficava aflito, preferia que ele nem entrasse em alguns jogos porque se queimaria mais. Ele precisava de um tempo de preparação e eu sabia. Hoje ele está mais tranquilo e nós também”, lembra Fabio.

Fabio Braga relembrou de uma goleada sofrida por Lucas Braga há seis anos e destacou o estilo “pouco boleiro” do filho.

“Quanto mais tempo passava, mais difícil era pela diferença de quem tem a base e ele não fez base. Quando chegou aos 18 anos, jogava por São Roque. Foi jogar contra o Desportivo Brasil e perderam de 8 a 0. Achei que ele ia desistir, negócio foi tão cruel. Ver a diferença física e técnica do jogador… Achei que não daria mais, ele até se inscreveu para o vestibular (faria Engenharia do Petróleo). E pouco depois foi para um projeto em Bragança Paulista, de um ex-jogador, o Emerson Aleixo. Emerson viu uma qualidade que ninguém tinha visto. Ali ele começou a sentir que poderia dar”, falou.

“Estilo dele sempre foi assim, diferente de outros jovens. Nunca quis tênis ou roupa de marca. Tudo que dávamos para ele estava bom. O Ramires uma vez disse que fama e dinheiro não mudam pessoa, mas mostram quem é. E ele não mudou nada. Ele vem aqui e a gente come pastel, todas as mesmas coisas que fazíamos antes dele chegar no Santos”, concluiu.

Aos 24 anos, Lucas Braga é titular do Santos finalista da Libertadores da América. A decisão será diante do Palmeiras no próximo sábado, no Maracanã. Seu contrato, assinado “por acaso”, termina em 31 de maio de 2022.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.