Esportes

Pablo defende Diniz e diz que São Paulo pode abrir mão de estilo para vencer

Gazeta
Gazeta Esportiva

29 de agosto de 2020 - 08:00 - Atualizado em 29 de agosto de 2020 - 08:30

Após a eliminação precoce no Campeonato Paulista e tropeços no início do Brasileiro, Fernando Diniz fez mudanças tanto na escalação quanto na forma de jogar do São Paulo.

O técnico alterou três peças da defesa e a saída de bola, além de fechar o time na reta final dos jogos contra Sport e Athletico-PR para segurar o resultado. Segundo Pablo, Diniz segue sendo unanimidade entre os jogadores apesar dos resultados negativos.

“Não pensamos de forma alguma na saída do Diniz. É um cara que se doa ao máximo. Sabemos da cobrança desde a eliminação para o Mirassol. Vencemos dois jogos importantíssimos, não estamos preocupados se ele vai sair ou não, ele é nosso comandante e temos que cumprir o que ele pede, e clássico se joga para vencer”, disse em entrevista coletiva da última sexta-feira.

“Diniz é um cara trabalhador demais, que se dedica de corpo e alma, fica horas no clube vendo vídeo tentando melhorar a equipe. Se doa muito pela instituição, pela camisa e tem nosso apoio. Óbvio que as criticas incomodam, mas entendemos a cobrança. Mas o Diniz quer levar o São Paulo para o caminho das glórias, ele merece ser treinador e ser vencedor com essa camisa”, completou.

Sobre as alterações, Pablo admite que o time foi mais defensivo em alguns jogos e pode atuar mais recuado caso isso ajude o time a vencer.

“Em relação a vencer os jogos, aqui no Brasil se cobra muito resultado. Se tivermos que abrir mão do nosso estilo para vencer, óbvio que vamos fazer isso. Tem jogos que a gente joga muito melhor e não vencemos. Outros jogos, como contra o Fortaleza, a gente se propôs a defender mais. Se der para jogar do jeito que a gente gosta e treina, melhor. Vamos jogar o clássico do jeito que a gente gosta”, contou.

O Tricolor recebe o Corinthians neste domingo, às 11h (Brasília) no Morumbi, em seu primeiro clássico pelo Campeonato Brasileiro. Os são-paulinos aparecem em 3º na tabela com dez pontos, cinco a mais que o Alvinegro, que figura na 12ª posição.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.