Atletismo

Ouro no arremesso de peso, Wallace Santos celebra medalha em Tóquio e destaca trabalho de psicóloga

Gazeta
Gazeta Esportiva

27 de agosto de 2021 - 10:07 - Atualizado em 27 de agosto de 2021 - 10:30

Nesta sexta-feira, Wallace Santos conquistou a medalha de ouro no arremesso de peso (F55) nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Com a marca de 12,63m, o paratleta também bateu o recorde mundial.

Em entrevista ao SporTV, o medalhista ressaltou a importância de Cecília, sua psicóloga: “Ela até brinca comigo, que me pegou em um incêndio. Fui procurá-la um mês antes de ir para Tóquio e ela falou: ‘Wallace, você veio com uma bomba para mim, mas eu sou bombeira e vamos lá.’”

“Eu entrei muito focado na prova, sabia que ia fazer o meu melhor. O trabalho mental que ela falou, de visualizar o que queria… Visualizei e até passei: a nossa meta era 12,47m, o recorde do mundo. Consegui ultrapassar e colocar o meu nome na história”, completou.

Por fim, Wallace dedicou a conquista histórica a Jurema Henrique, sua treinadora: “Ela veio a falecer na minha preparação, no início da pandemia. Graças a Deus, conseguiu me deixar classificado para os Jogos e só tenho a agradecer”, disse.

“Outra pessoa que também veio a falecer – eu cheguei a pensar em parar, nem vir para Tóquio – foi o meu tio Jorge. Fez o papel de pai sempre que precisei. Essa vitória também desejo a ele e a toda minha família”, acrescentou.