Corinthians

Organizadas do Corinthians protestam na frente do Parque São Jorge: “Devolve o Coringão para o povão”

Gazeta
Gazeta Esportiva

19 de junho de 2021 - 11:50 - Atualizado em 19 de junho de 2021 - 12:45

Membros de torcidas organizadas do Corinthians protestaram fortemente na manhã deste sábado na frente do Parque São Jorge. Os mais cobrados foram membros da atual diretoria do Alvinegro, como o presidente Duílio Monteiro Alves e o diretor de futebol Roberto de Andrade.

Os torcedores presentes questionaram o atual momento do Corinthians, questionando especialmente a situação financeira do clube. Andrés Sanchez, ex-presidente do clube, também foi fortemente criticado, com cânticos cobrando a expulsão do ex-mandatário no Conselho.

Os jogadores também não foram poupados. “Honra a camisa! De vagabundo o Corinthians não precisa”, chegou a ser cantado pelos presentes. “Fora todo mundo, diretoria omissa, elenco vagabundo” e “Ôoo queremos jogador” também foram entoados.

Essa não foi a primeira manifestação da torcida corintiana na temporada. As organizadas já fizeram manifestações na frente do centro de treinamento e tentaram se encontrar com jogadores no aeroporto após a eliminação para o Atlético-GO na Copa do Brasil.

O Timão não vive um bom momento. A equipe foi eliminada nas semifinais do Campeonato Paulista para o Palmeiras e caiu precocemente na Copa do Brasil. No Brasileiro, a equipe possui apenas uma vitória e já soma duas derrotas jogando na Neo Química Arena (Atlético-GO e Bragantino).

Além disso, a situação financeira do clube não permite que sejam feitas contratações. O técnico Sylvinho arma o time de acordo com o que tem, com jogadores que retornaram de empréstimo e jovens da base, que ganham cada vez mais espaço. O próximo jogo do Corinthians é neste domingo, às 16 horas (de Brasília), contra o Bahia, fora de casa.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.