Esportes

Odair Hellmann deve optar por cautela contra o Atlético-MG

Gazeta
Gazeta Esportiva

13 de outubro de 2020 - 13:36 - Atualizado em 13 de outubro de 2020 - 14:00

Sem perder a quatro rodadas e vindo de duas vitórias, o Fluminense chega embalado para seu maior desafio no Brasileirão. O Tricolor vai até Belo Horizonte nesta quarta-feira enfrentar o Atlético-MG, líder e com o melhor ataque da competição. Jogando em casa, o Galo está 100% em 2020.

O técnico Odair Hellmann não deve ousar e irá optar por uma estratégia já bem conhecida, mas nem sempre aprovada. O time deve entrar em campo com três volantes e marcando firme os mineiros depois da linha média. Os contra-ataques em velocidade serão a opção do treinador para buscar o gol na capital mineira.

O centroavante Fred pode ser uma das vítimas deste esquema. Jogador de área e lento, ele não se encaixa na proposta e pode ficar de fora dos 11 titulares.

Já o meia-atacante Nenê, artilheiro do Fluminense na temporada e principal nome do time, deve estar em campo. O jogo é importante demais para as pretensões do Tricolor na competição para abrir mão do seu talento, apesar da sequência de jogos que o veterano de 39 anos vem enfrentando. Entretanto, é possível que Nenê não atue os 90 minutos ou até comece a partida no banco.

Outro veterano que estará em campo nesta quarta é o lateral-esquerdo Egídio. O jogador de 34 anos era titular na equipe até ser barrado por Danilo Barcelos nos últimos quatro jogos. Coincidentemente, desde então o Fluminense não perdeu mais, tendo vencido três e empatado uma partida.

O Fluminense é o quinto colocado no Campeonato Brasileiro com 24 pontos, seis a menos que o Atlético, que ainda tem um jogo a menos. O confronto desta quarta no Mineirão será válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, e está programado para às 21h30.