Esportes

Novo camisa 7, Rony cita ídolos do Palmeiras e celebra mudança de número: “Felicidade imensa”

Gazeta
Gazeta Esportiva

5 de abril de 2021 - 17:27 - Atualizado em 5 de abril de 2021 - 17:30

Nesta segunda-feira, o Palmeiras anunciou oficialmente que Rony será o novo camisa 7 da equipe. Após vestir a 11 durante a temporada de 2020, o atacante vai voltar a utilizar o número que o consagrou no Athletico-PR.

“Estou muito feliz por voltar a vestir o número 7, até pelo fato de se tratar de um clube como o Palmeiras. Quando saiu a numeração e eu estava com a 7, fiquei muito feliz, transbordei de alegria. É uma felicidade imensa. Acredito que é uma conquista para o jogador estar vestindo o número 7 do Palmeiras”, disse Rony, que também usou a numeração durante sua passagem pelo Náutico.

Entre 2015 e início de 2020, o número 7 pertenceu ao ídolo Dudu, atualmente emprestado ao Al Duhail, do Catar. Rony comentou sobre a responsabilidade de vestir uma camisa que marcou história no Verdão.

“Acredito que é o sonho de qualquer jogador estar vestindo essa camisa, que tem muita história, muita tradição, vários jogadores que foram ídolos aqui no Palmeiras vestiram essa camisa, como Edmundo e Dudu. Espero dar continuidade fazendo história com essa camisa. Acredito que o número 7 tem um significado muito grande, não só para mim, mas para toda minha família. Espero representar bem”, destacou.

Ne temporada passada, Rony conquistou o Campeonato Paulista, a Libertadores e a Copa do Brasil pelo Palmeiras. O antigo camisa 11 ainda foi o vice-líder da equipe em assistências, com nove. O jogador falou sobre as conquistas e sobre e moção de entrar para história do clube.

“Felicidade imensa. O ano de 2020 foi maravilhoso, acredito que não só para mim, mas para todos os meus companheiros. Um ano que, com certeza, vai ficar marcado na história, não só do clube, mas sim dos nossos jogadores também”, afirmou.

Por fim, Rony falou sobre o confronto com o Defensa y Justicia, da Argentina, pela Recopa Sul-Americana. O jogo de ida é nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Estádio Norberto Tomaghello. Já a volta será disputada no dia 14, no mesmo horário, no Mané Garrincha, em Brasília.

“Está todo mundo focado no objetivo que é, mais uma vez, ser campeão pelo Palmeiras. Estou muito feliz de estar participando, espero mais uma vez dar o meu melhor, dando títulos e alegria aos torcedores, que sempre nos apoiam e estão nos dando força. São dois jogos, é ir lá, fazer um bom trabalho, e trazer um bom resultado aqui para dentro de casa”, concluiu.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.