Esportes

Neymar diz que Seleção atual é a mais organizada que já jogou: “Taticamente”

Gazeta
Gazeta Esportiva

9 de julho de 2021 - 06:00 - Atualizado em 9 de julho de 2021 - 06:15

Em entrevista virtual na quinta-feira, Neymar rasgou elogios à atual Seleção Brasileira. Para o camisa 10, que estreou pelo time profissional do Brasil em 2010 e teve Mano Menezes, Luiz Felipe Scolari e Dunga como treinadores, a equipe de Tite é a mais organizada que já viu.

“Sim, taticamente sim. Essa (Seleção Brasileira), pelo sistema que o Tite impõe, é uma equipe que defende muito bem. Temos jogadores no nosso suporte de defesa que são craques. Isso acaba facilitando também”, destacou.

Assim como no Paris Saint-Germain, Neymar mudou de função na Seleção Brasileira. Ponta-esquerda de origem, o craque tem atuado mais pelo meio e se destacado na armação das jogadas. Só na atual Copa América, foram três assistências em cinco jogos, além de um passe desviado para um gol de Paquetá. O atacante falou sobre o papel de Tite em sua transformação como jogador.

“Acho que a partir do momento que um treinador entende o potencial dos seus jogadores e faz o possível pra que isso possa tornar cada vez mais fácil nos jogos, fica muito bom para o jogador. Ele se sente mais confiante, mais confortável. Eu estou assim na Seleção Brasileira, bem confortável, feliz, alegre, jogando o que eu quero. E as coisas vem dando tudo muito certo. É um orgulho muito grande de ser o maior assistente da Seleção Brasileira, só tenho a todos os meus treinadores, todos os companheiros que passaram por aqui. É uma felicidade muito grande”, afirmou Neymar, que chegou a 50 assistências em 110 partidas pelo Brasil.

O camisa 10 também falou sobre sua geração na Seleção Brasileira. Alguns dos companheiros com quem conquistou o Sul-Americano Sub-20 em 2011, como Danilo, Alex Sandro e Casemiro, também fazem parte do elenco que disputa a Copa América. Para o craque, se tornar um dos veteranos da equipe é motivo de orgulho.

“Foi uma geração de muito talento que conseguimos reunir no sub-20. Conquistamos conquistar o Sul-Americano, depois conquistaram o Mundial. O Brasil é um país muito rico, no sentido de grandes jogadores, de talentos que sempre acabam aparecendo. Hoje, o mais novo aqui é o Vinicius Junior, que tem tudo para ser um dos maiores jogadores brasileiros. A gente fica feliz. Entre nós, a gente conversa sobre histórias que passamos juntos lá no começo, ao longo do do caminho e sobre, hoje, já sermos os mais coroas da Seleção Brasileira (risos). A gente fica muito contente, muito feliz também, por tudo que a gente já passou e pela nossa geração. A gente tem orgulho da nossa geração, que conseguiu títulos importantes”, pontuou.

Por fim, Neymar exaltou o clima entre os jogadores do Brasil, que estão juntos a mais de 40 dias para a disputa das Eliminatórias Sul-Americanas e Copa América.

“É legal a convivência que estamos tendo aqui. A gente sempre fala que não houve nenhuma discussão, não houve um atrito em 40 dias. Isso é bem difícil de acontecer. Por mais que você venha ganhando os jogos, por mais que venha jogando bem, tem gente que joga menos, acaba ficando mais chateado, e tem gente que joga mais. Isso pode acabar atrapalhando um grupo, mas todos aqui tem a cabeça muito boa, todos estão de parabéns por tudo que fizeram até agora. Estou muito orgulhoso, de verdade, de todos os jogadores que estão aqui. É uma grande honra, um grande prazer fazer parte dessa seleção. Desde o primeiro dia eu já sabia que a gente tinha tudo para ganhar. Não passa outra coisa pela minha cabeça a não ser a vitória de sábado”, finalizou.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.