Esportes

Nenê prega cautela sobre retorno aos treinamentos no Fluminense

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

30 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 30 de abril de 2020 - 00:00

As férias coletivas dos jogadores do Fluminense se encerram nesta quinta-feira. No entanto, o elenco não voltará a treinar neste momento, ainda impossibilitado pela quarentena pela pandemia de coronavírus.

A comissão técnica determinou que os trabalhos serão feitos em horários específicos, mas com cada atleta em sua casa. Este é o primeiro passo rumo ao retornos dos treinos no CT. O meia Nenê pregou cautela sobre a volta as atividades.

Nenê também falou o que vem fazendo na quarentena

“Não só o futebol vai mudar, como todos nós já mudamos. Este período nos trouxe muitas reflexões, principalmente sobre o cuidado com a nossa vida e a vida do próximo. É preciso que tenhamos a certeza da nossa segurança para a retomada do futebol. A prática do esporte, seja ela profissional ou não, precisa transmitir a imagem da saúde e do bem estar. Os responsáveis pelo nosso futebol precisam manter essa máxima para que todos nós possamos voltar a atuar com tranquilidade – disse ao Globoesporte.com.

Nenê destacou que vem treinando normalmente em sua casa mesmo durante as férias. Seu objetivo é estar bem fisicamente quando o Fluminense retomar os treinos.

“Tenho treinado bastante e aproveitado com meus filhos e esposa, sempre respeitando os cuidados pela situação que estamos. Os trabalhos diários são importantes porque logo estaremos de volta e procuro manter a forma para poder ajudar a equipe da melhor maneira possível em nosso retorno”, declarou.

O meia revelou que o elenco tem conversado entre si. No entanto, Nenê ressaltou que o futebol não é o principal assunto da resenha. “A gente fica em contato, sim. Temos nossos grupos e a resenha rola por lá. Procuramos falar sobre como estão as coisas, se as famílias estão bem etc. O futebol deixamos para falar na volta”, concluiu.

A diretoria do Fluminense espera um aval das autoridades do Rio de Janeiro para agendar o retorno das atividades. Em princípio, a quarentena no estádio segue até o dia 11 de maio, no mínimo.