Basquete

NBA irá permitir que atletas troquem nome na camisa por frases de protesto

Gazeta
Gazeta Esportiva

28 de junho de 2020 - 09:46 - Atualizado em 28 de junho de 2020 - 09:46

As polêmicas em torno da retomada da NBA seguem a todo vapor nos Estados Unidos, em meio a onda de protestos antirracistas e a pandemia do coronavírus.

Sensibilizada com os fatos, a organização da liga decidiu autorizar que os atletas, se desejarem, troquem o seu último nome estampado atrás do uniforme por frases de justiça social. A informação é do jornalista Shams Charania, do The Athletic.

A mesma postura já foi adotada por outras organizações esportivas que recentemente retomaram suas atividades, como o Campeonato Inglês, no qual os jogadores vestiram uniformes com a frase “Black Lives Matter” (Vidas Negras Importam).

O reinício da NBA está marcado para o dia 30 de julho. Todos os jogos vão ocorrer no complexo da Disney, em Orlando, na Flórida.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.