Esportes

Narrador chama cabelo de jogador do LEC de “negócio imundo” e clube faz nota contra racismo

Os comentários foram feitos durante a partida entre o Goiás Esporte Clube e o Londrina Esporte Clube, no sábado (17)

Bruna
Bruna Melo / Repórter
Narrador chama cabelo de jogador do LEC de “negócio imundo” e clube faz nota contra racismo
Foto: Reprodução/Instagram

19 de julho de 2021 - 10:32 - Atualizado em 19 de julho de 2021 - 10:32

Por meio de redes sociais, o Londrina Esporte Clube (LEC) se manifestou contra comentários feitos pelo narrador Romes Xavier e o comentarista Vinicius Silva, da Rádio Bandeirantes Goiânia. No sábado (17), os dois usaram termos como “bandeira de feijão” e “negócio imundo” para se referirem ao cabelo do jogador Celso Júnior Honorato.

Durante a transmissão da partida entre Goiás Esporte Clube e Londrina, Romes comenta sobre uma queda de Celso. Neste momento, diz que “o cabelo dele deve estar pesado demais“. Vinícius responde que “parece mais uma bandeira de feijão” e que “não é porque eu estou perdendo os cabelos que eu vou achar um negócio imundo desse bonito”. Romes ainda complementa que é “bonitão, é um blackpower, é um estilo, é um ritmo”. Confira o momento:

Em nota, o LEC manifestou o “profundo repúdio quanto ao ato de racismo”. O clube diz ser “inadmissível e lamentável” a forma como os comunicadores de referiram ao meio campista. Leia a nota na íntegra:

O LONDRINA ESPORTE CLUBE vem a público manifestar o seu profundo repúdio quanto ao ato de racismo praticado pelo narrador Romes Xavier e o comentarista Vinicius Silva, da Rádio Bandeirantes Goiânia, em face do meio-campo Celsinho, do Londrina Esporte Clube, na transmissão da partida realizada entre Goiás Esporte Clube e Londrina, pela 12ª rodada do Brasileirão – Série B.

Os referidos profissionais caçoaram do cabelo do meio campista, ao usarem palavras como: “cabelo pesado demais”, “bandeira de feijão” e “negócio imundo”.

É inadmissível e lamentável, veemente, que tais comunicadores, formadores de opinião, propaguem atos de racismo! Em verdade, o racismo é inadmissível em qualquer situação, lugar, fala e deve ser lutado diariamente, por todos!

Com certeza as medidas serão tomadas, contudo, cabe a nós entender que não basta não ser racista, é necessário ser ANTIRRACISTA!

RACISMO NÃO! Essa luta é nossa! 

nota oficial do LEC.

A Rádio Bandeirantes também publicou uma nota informando que foi feita a “imediata rescisão contratual do jornalista, sem prejuízo de outras penalidades contratuais que vierem a ser necessárias”. O veículo também explica que os comentários “não refletem, sob nenhuma hipótese, a opinião e o posicionamento“. Acompanhe:

A Rádio Bandeirantes Goiânia, por meio de seus diretores, vem a publico diante dos fatos acontecidos na transmissão da partida de futebol Goiás x Londrina em 17 de julho deste ano, informar que repudia com veemência qualquer ato que possua cunho ou menção racista a qualquer pessoa, dentro ou fora do futebol.

As expressões utilizadas pelos repórteres durante a transmissão do jogo não refletem, sob nenhuma hipótese, a opinião e o posicionamento da Rádio Bandeirantes Goiânia, que tem as suas premissas pautadas no respeito ao ser humano, na lisura e imparcialidade da informação.

A transmissão do jogo Goiás x Londrina foi realizada pela Equipe Feras do Esporte que trabalha em regime de Parceria com a Rádio Bandeirantes Goiânia, sendo vedado no respectivo contrato qualquer tipo de atitude racista ou preconceituosa por parte de seus colaboradores. Assim a Rádio Bandeirantes já solicitou junto à Equipe a imediata rescisão contratual do jornalista, sem prejuízo de outras penalidades contratuais que vierem a ser necessárias.

É nosso dever, como veículo propagador da informação, trabalhar para que atos preconceituosos sejam cada vez mais banidos da sociedade, e possamos contribuir para a construção de uma sociedade justa para todos.

nota oficial da Rádio Bandeirantes Goiânia.

Celso Honorato compartilhou em seus redes sociais o apoio de fãs, familiares e amigos.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.