Esportes

Na véspera de clássico contra o Boca Juniors, River Plate chega a 15 casos de covid-19

Gazeta
Gazeta Esportiva

15 de maio de 2021 - 22:55 - Atualizado em 15 de maio de 2021 - 23:00

Neste sábado, véspera do clássico contra o Boca Juniors, pelas quartas de final da Copa da Liga Profissional da Argentina, o River Plate comunicou que 15 jogadores foram diagnosticados com covid-19. O alto número de casos fez com que o clube suspendesse a concentração antes da partida.

Inicialmente, o River divulgou que cinco atletas haviam contraído o vírus. Após os diagnósticos positivos, os Millonarios resolveram realizar outra rodada de testes em todo o elenco. Em comunicado oficial, foi anunciado que outros dez jogadores também testaram positivo para o novo coronavírus.

Os atletas diagnosticados com covid-19 foram: os goleiros Franco Armani, Enrique Bologna, Germán Lux e Franco Petroli, os defensores Paulo Díaz e Robert Rojas, os meias Agustín Palavecino, De La Cruz, Zuculini e Tomás Castro Ponce e os atacantes Rafael Borré, Santiago Simón, Benjamín Rollheiser, Matías Suarez e Federico Girotti.

Como os jogadores terão que cumprir período de 15 dias de isolamento, é provável que o River Plate também tenha desfalques diante do Santa Fe, da Colômbia, na quarta-feira, e contra o Fluminense, no dia 25. Ambos os duelos serão válidos pela fase de grupos da Libertadores.

Boca Juniors e River Plate se enfrentam neste domingo, às 17h30 (de Brasília), em La Bombonera. Quem vencer avança às semifinais da Copa da Liga Profissional da Argentina.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.