Futebol

Na luta para voltar ao G4, Bragantino recebe o Atlético-GO pela Série A

Gazeta
Gazeta Esportiva

11 de outubro de 2021 - 20:00 - Atualizado em 11 de outubro de 2021 - 20:15

Com o Campeonato Brasileiro caminhando para sua reta final, a briga na parte de cima da tabela continua apertada. O Red Bull Bragantino, um dos concorrentes a vaga direta na próxima Libertadores, terá mais uma oportunidade de voltar ao G4 da Série A jogando em casa, contra o Atlético-GO, pela 26ª rodada. A bola rola nesta terça-feira, às 19h (de Brasília).

O Massa Bruta chega com muita moral para a partida. Além de ter recentemente garantido sua vaga na final da Copa Sul-Americana, na última rodada do Brasileirão goleou o Palmeiras por 4 a 2, em pleno Allianz Parque. Não parando por aí, o time vem de sequência de quatro partidas sem saber o que é perder na temporada. Se vencer nesta terça, o time pode dormir na terceira posição da tabela do Brasileirão.

A situação do Atlético-GO empolga menos. Na 11ª colocação com 31 pontos, a equipe sonha com voos maiores para alcançar o G6, a seis pontos de distância. Porém, ainda existe o risco de rebaixamento, já que o Z4 está a cinco pontos de diferença.

Para o jogo, o Bragantino deve ir com os mesmos 11 que foram a campo na vitória sobre o Palmeiras.

Já o Atlético não contará com o lateral Dudu, com desconforto na coxa após ser substituído no início do empate contra o Fluminense, pela última rodada. Além dele, o técnico  Eduardo Souza, expulso na partida, não estará à beira do campo para orientar seus jogadores frente ao Bragantino. O auxiliar João Paulo Sanches será seu substituto.

FICHA TÉCNICA

RED BULL BRAGANTINO X ATLÉTICO-GO

Local: Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)

Data: 12 de outubro de 2021, terça-feira

Horário: 19h (de Brasília)

Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF)

Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Junior (DF)

VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

RB BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Fabricio Bruno, Natan (Léo Ortiz) e Luan Candido; Jadsom, Eric Ramires e Praxedes; Cuello, Artur e Ytalo.

Técnico: Mauricio Barbieri

ATLÉTICO-GO: Fernando Miguel; Arnaldo, Wanderson, Éder e Igor Cariús; Matheus Barbosa, Willian Maranhão e João Paulo; André Luís, Zé Roberto e Ronald.

Técnico: João Paulo Sanches (Auxiliar)